Saúde

20/9/2012 às 15h31 (Atualizado em 20/9/2012 às 17h28)

Infarto: entenda a doença que matou a irmã do sertanejo Gusttavo Lima

Especialistas alertam que incidência de infarto em jovens está aumentando no País

Fabiana Grillo, do R7

Luciana Lima, de 26 anos, foi vítima de infarto do miocárdio Reprodução

Com apenas 26 anos, Luciana Lima, irmã do cantor sertanejo Gusttavo Lima, foi mais uma vítima de infarto do miocárdio. Assim como ela, muitos outros jovens — inclusive celebridades, como a atriz Brittany Murphy, 32 anos — morrem em decorrência de uma doença que até então costuma ser mais frequente em homens acima dos 55 anos e mulheres que ultrapassam os 65. Mas, por que pessoas na “flor da idade” estão perdendo a vida por conta do coração?

O cardiologista Dr. Marcelo Sampaio, chefe do Ambulatório de Farmacogenômica do Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo, fez uma extensa pesquisa científica no Brasil sobre o assunto e constatou que nos últimos anos houve um aumento significativo da incidência de infarto em jovens (considera-se com menos de 40 anos), especialmente nos países em desenvolvimento. Segundo ele, a explicação é simples.

— O cigarro é a principal causa de infarto em jovens. Além disso, esta população tem usado mais drogas ilícitas, como crack, cocaína, ácido e ecstasy, que por si só ou misturadas com bebidas alcóolicas, devastam o coração.

Infarto em jovens traz mais sequelas do que em adultos, dizem especialistas

O cardiologista Dr. Rui Fernando Ramos, diretor da Socesp (Sociedade Brasileira de Cardiologia do Estado de São Paulo), concorda com o colega e avisa:

— Estudos mostram que a incidência de jovens que infartam por causa do cigarro varia de 65% a 92%, ou seja, é muito alta. Por isso, abandonar o vício seria o primeiro passo para não fazer parte desta estatística.

Os especialistas também acrescentam entre os principais fatores de risco má alimentação, obesidade, sedentarismo, presença de doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, ou genéticas, hereditariedade e estresse.

— Os jovens ingressam no mercado de trabalho cada vez mais cedo, assumindo cargos de chefia precocemente e precisando lidar com exigências e estresse diariamente. Não há coração que aguente.

No caso das mulheres, há um motivo a mais para se preocupar, de acordo com o Dr. Sampaio.

— O uso de anticoncepcional de forma precoce também aumenta a incidência de infarto, pois a pílula deixa o sangue mais grosso e eleva o risco de trombos e coágulos. Se associada ao tabagismo, o problema se agrava ainda mais.

Para não ser mais uma vítima do infarto, os cardiologistas recomendam adotar um estilo de vida saudável, que significa: alimentação balanceada, prática regular de exercício físico, manutenção do peso corporal, abandono dos vícios e controle do estresse.

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Compartilhe
Vive com dificuldades

Apesar de sentença de morte, jovem com grave deformidade vira contador

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Superação

Jovem se recupera de paralisia nas pernas e caminha até o altar

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Batalha

Jovem tem lábios reconstruídos após ter parte do rosto devorado por bactéria

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Publicidade
Compartilhe
  • Últimas de Saúde

  • Últimas de Notícias

Compartilhe
Drama

Mulher relata morte do marido aos 39 anos com 400 kg; veja detalhes

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Dor insuportável

Bactéria que come carne humana quase mata mulher após dar à luz

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus

Guia Mais - Saúde

Farmácia/Drogaria
Hospitais
Consultórios
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!