Bahia Ocupação hoteleira chega a 100% em destinos turísticos da Bahia, diz governo

Ocupação hoteleira chega a 100% em destinos turísticos da Bahia, diz governo

Expectativa do governo é de que o Estado receba cerca de cinco milhões de visitantes no verão

Ocupação hoteleira chega a 100% em destinos turísticos da Bahia, diz governo

Aumento da procura pela Bahia como destino turístico traz impacto positivo para diversos setores da economia local

Aumento da procura pela Bahia como destino turístico traz impacto positivo para diversos setores da economia local

Divulgação

Rica em diversidade e com belezas naturais que encantam, a Bahia é um dos principais destinos para o turismo interno e internacional no verão. Muitas localidades e municípios baianos já esgotaram as vagas em hotéis para o período do Réveillon, como Praia do Forte e Trancoso, segundo informações do governo. A ocupação hoteleira em Morro de São Paulo atinge 93% e chega a 90% em Ilhéus. Já Porto Seguro e Salvador têm 95% dos leitos preenchidos. Na capital baiana, a faixa litorânea lidera a procura por hospedagem, tendo Bahia/Ondina, Itapuã e Rio Vermelho como as principais opções. 

Leia mais notícias no R7 BA

Experimente grátis toda a programação da Record no R7 Play! 

Ainda segundo o governo, o acesso é garantido pelo terminal náutico, que recebe seis mil pessoas semanalmente. A rodoviária e o aeroporto também são opções. Pelo terceiro ano seguido, nesta época do ano, há um aumento de 10% na movimentação no Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães, onde 900 mil passageiros devem desembarcar até o fim do verão. 

O presidente da Associação da Indústria de Hotéis da Bahia, Glicério Lemos comemora os resultados.

— A expectativa é excelente. Temos dois fatores que contribuem para a vinda dos turistas para a Bahia: a desvalorização do real e o investimento que foi feito na divulgação do estado. Isso ajudou a Bahia a voltar a ser um produto desejado e disputado. O benefício é geral. 

Bom para todo mundo

O aumento da procura pela Bahia como destino turístico traz impacto positivo para diversos setores da economia local.  O vice-presidente da Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagens) da Bahia, Jorge Pinto, afirma que “é importante que ver a recuperação da Bahia como um produto que interessa às pessoas”.

A expectativa do governo é de que o Estado receba cerca de cinco milhões de visitantes na estação mais quente do ano. A estimativa para o Verão 2015-2016 é 5% maior que o fluxo global registrado na temporada anterior. 

    Access log