Brasil CNJ pode aprovar auxílio-moradia para juízes nesta terça

CNJ pode aprovar auxílio-moradia para juízes nesta terça

Ministro do STF Luiz Fux revogou o benefício para juízes no dia 26 de novembro deste ano

Auxílio-moradia

Fux revogou o benefício em novembro

Fux revogou o benefício em novembro

Dorivan Marinho/SCO/STF - 16.12.2014

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) vai analisar a regulamentação do auxílio moradia para juízes na última sessão plenária do ano, que acontece nesta terça-feira (18). 

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luiz Fux revogou o auxílio-moradia para juízes no dia 26 de novembro deste ano. Na decisão de Fux, ele determinou que o CNJ e o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) regulamentem o auxílio para juízes e promotores. 

O benefício, de cerca de R$ 4 mil mensais, havia sido garantido a todos os magistrados do Brasil por meio de liminares concedidas pelo próprio Fux em 2014.