Brasil Collor e Flávio Bolsonaro vão comandar comissão do Senado

Collor e Flávio Bolsonaro vão comandar comissão do Senado

Senador de Alagoas vai presidir a CDR, ligada a desenvolvimento regional e turismo, e terá filho do chefe do Executivo como vice

  • Brasil | Do R7, com Agência Senado

Fernando Collor defende turismo e reformas

Fernando Collor defende turismo e reformas

Leopoldo Silva/ Agência Senado 24-02-2021

A CDR (Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo) do Senado elegeu por aclamação, nesta quarta-feira (24), o senador Fernando Collor (Pros-AL) para a presidência do colegiado. Ele terá como vice Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Os dois vão comandar os trabalhos da comissão no biênio 2021-2022.

Collor destacou o desafio que será retomar os debates aprofundados das comissões temáticas durante a pandemia da covid-19, para diminuir as desigualdades regionais e fortalecer o turismo, principais objetivos da CDR. 

"Em 2021 o enfrentamento do vírus e de suas consequências continuará a merecer nossa atenção, mas precisamos retomar o debate de questões estratégicas, que permanecem sem a solução adequada", disse o ex-presidente da República, retirado do cargo após um processo de impeachment em 1992..

"O pacto federativo e a reforma tributária são excelentes oportunidades para criar instrumentos que permitam a todos os brasileiros desfrutarem de padrão semelhante de prosperidade e de qualidade de vida", completou Collor, fiel aliado do presidente Jair Bolsonaro.

O filho de Jair, Flávio Bolsonaro, destacou que "os trabalhos da comissão poderão ser instrumento para gerar a dignidade que o brasileiro merece".

A CDR é composta por 17 senadores e igual número de suplentes.

Últimas