Operação Lava Jato
Brasil Delator afirma que Aécio Neves pediu R$ 2 milhões de propina

Delator afirma que Aécio Neves pediu R$ 2 milhões de propina

Dinheiro foi rastreado e encontrado em empresa do senador Zeze Perrella

Delator afirma que Aécio Neves pediu R$ 2 milhões de propina

Aécio é citado em delação premiada de dono da JBS

Aécio é citado em delação premiada de dono da JBS

Eduardo Anizelli/Folhapress

O senador Aécio Neves foi filmado pela PF (Polícia Federal) pedindo R$ 2 milhões para o dono da JBS Joesley Batista. O dinheiro foi entregue para primo de senador. A informação é do jornal O Globo. 

A PF rastreou o dinheiro e afirma que foi depositado em empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG).

Leia mais notícias sobre Brasil e Política

Na gravação, Aécio pedia por dinheiro para pagar as despesas da Lava Jato. Há gravações do senador pedindo dinheiro para Joesley e da entrega do dinheiro para o primo do senador.

Aécio estava dentro do Senado quando foi informado sobre a gravação. O senador deixou o local. 

Outro lado

Em nota, o senador disse que "está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos". Ao comentar sua relação com o senhor Joesley Batista, Aécio diz que o ela "era estritamente pessoal, sem qualquer envolvimento com o setor público".

O tucano afirma ainda que aguarda ter acesso ao conjunto das informações para prestar todos os esclarecimentos necessários.