Brasil Lucros dos bancos são altos porque são só cinco, afirma Guedes

Lucros dos bancos são altos porque são só cinco, afirma Guedes

Em audiência pública na Comissão de Finanças da Câmara, ministro falou que 'tudo no Brasil é cartelizado' e que 'precisamos de competição'

O ministro da Economia, Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes

DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira (4) que o lucro dos bancos brasileiros é alto porque são só "cinco ou seis" instituições. "Precisamos de competição. Tudo no Brasil é cartelizado, precisamos de competição", afirmou em audiência pública, na Comissão de Finanças de Tributação (CFT) da Câmara.

Leia também: Não haverá aumento ou novos impostos, afirma Bolsonaro 

Guedes se exaltou ao responder perguntas do deputado Rui Falcão (PT-SP) sobre investigações contra o ministro relacionadas a fundo de pensão.

"Minha experiência foi levantar fundos de investimentos. Sem ofensa, sua experiência é com quem derrubou fundos?", questionou o ministro.

Guedes respondeu ainda a questionamentos sobre que tipo de privilégios estão sendo cortados com a reforma da Previdência. "Privilégio é o salário de funcionário do Legislativo ser 20 vezes maior do que a média do INSS. Os senhores políticos vão se aposentar por teto do INSS, o privilégio vai embora", alfinetou.

Benefício

O ministro revelou que chegou a defender internamente que a antecipação do Benefício de Prestação Continuada (BPC) a partir dos 60 anos fosse de R$ 600 por mês, e não R$ 400 como está na proposta de reforma da Previdência enviada ao Congresso. Esse ponto do projeto é um dos que enfrenta maior resistência entre os parlamentares.

"Eu queria que o BPC fosse de R$ 5 mil. Mas entendo que a opção no projeto é uma escolha para antecipar o benefício. Eu até falei que R$ 400 era pouco, falei para colocar R$ 600, tendo em vista o valor do salário mínimo. Mas esse valor é opcional pra quem quiser receber mais cedo, não se pode obrigar. Quem não quiser, fica no regime antigo e recebe um pouco mais depois", afirmou.