Brasil Luís Miranda chora ao falar sobre suspeita de fraude da Precisa

Luís Miranda chora ao falar sobre suspeita de fraude da Precisa

Em video publicado em rede social, deputado diz que laboratório confirma suas denúncias e se queixa de ser alvo de investigação

Luís Miranda diz que vem sendo humilhado: 'Virei chacota inclusive de deputados'

Luís Miranda diz que vem sendo humilhado: 'Virei chacota inclusive de deputados'

Jefferson Rudy/Agência Senado - 25.06.2021

Em vídeo publicado em uma rede social, o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) chorou ao comentar a suspeita de fraude contra a Precisa Medicamentos. Após as denúncias, a empresa teve o contrato com a farmacêutica indiana Bharat Biotech. O parlamentar e seu irmão, o servidor da Saúde Luís Ricardo Miranda, levaram à CPI da Covid a denúncia de irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin.

Chorando, o deputado questionou: "Sou eu que devo ser investigado por denunciação caluniosa? Eu fico sendo humilhado, virei chacota inclusive de deputados. Eu que estou no Conselho de Ética, por levar ao presidente uma denúncia que ele não levou a sério?

Miranda disse ainda que seu irmão, um "servidor público sério e honesto", está sendo investigado e humilhado". "Ele fica escondido dentro de casa com medo, porque a doença da idolatria política não conseguia ver o óbvio: pagar uma empresa em um paraíso fiscal, adiantado (...)? Em um processo que não consegue nem passar na Anvisa de tão irregular", disse. "Um empenho de R$ 1,6 bilhão, que poderia ter sido usado para comprar outras vacinas e salvado vidas."

Presidente 'não viu nada'

O deputado disse que, agora, não precisa provar mais nada. "A própria indústria (Bharat Biotech) está confirmando o que a gente falou. O presidente disse que pegou os documentos, passou para a frente, mas não viu nada", disse. "Se não viu nada, por que suspendeu o contrato? Se não viu nada, por que demitiu os funcionários? Por que afastou as pessoas que nós denunciamos?", questionou. "

Miranda volta a reclamar de estar sendo acusado de denunciação caluniosa. "Por que tantas ações contra tudo o que nós fizemos? Por que atacar pessoas que só querem ajudar? Por que tanto ódio? Porque tem algo muito grande por trás. Deveria haver uma intervenção no Ministério da Saúde, uma fiscalização em todos os contratos."

O deputado disse ainda que há "um monte de colegas (deputados) que, em vez de estarem do meu lado, está fingindo que nada está acontecendo". No texto que acompanha o vídeo, Miranda conclui: "Vão seguir jogando pedra em quem fez o certo e abraçando quem tá errado? A política virou uma guerra, uma disputa por quem fez pior. E nessa, o povo brasileiro é o maior prejudicado".

Últimas