Brasil Maioria da população é a favor do rodízio de água e racionamento de energia, diz Datafolha

Maioria da população é a favor do rodízio de água e racionamento de energia, diz Datafolha

Levantamento foi feito entre os dias 3 e 5 de fevereiro e a margem de erro é de dois pontos

Maioria da população é a favor do rodízio de água e racionamento de energia, diz Datafolha

Maioria das pessoas ouvidas pelo instituto são a favor do rodízio

Maioria das pessoas ouvidas pelo instituto são a favor do rodízio

André Lucas Almeida/Futura Press/Estadão Conteúdo

Moradores da Grande São Paulo e brasileiros de um modo geral apoiam o rodízio de água e o racionamento de energia. Isso é o que diz pesquisa Datafolha divulgada pela Folha de S.Paulo.

Das pessoas que moram na região metropolitana de São Paulo ouvidas pelo instituto, 60% são a favor de um rodízio de água. Já 65% das pessoas ouvidas em todo o Brasil apoiam o racionamento de energia.

A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento foi feito entre os dias 3 e 5 de fevereiro e ouviu 4.000 pessoas em mais de 180 cidades de todo o País. Só na região metropolitana de São Paulo, foram ouvidas 1.231 pessoas em 9 municípios.

Leia mais notícias de Brasil

O maior apoio às medidas está na população com maior escolaridade, com mais dinheiro e jovem. Porém, o rodízio e o racionamento têm apoio da maioria de todas as idades, das mais diferentes rendas e escolaridades.

Quando questionados sobre a energia, o apoio chega a 77% entre as pessoas com mais escolaridade e aqueles com renda acima de 10 salários mínimos. Quando o assunto é rodízio de água, ele é aprovado por 66% das pessoas com curso superior e 67% das pessoas que tem renda acima de 10 salários mínimos. Os idosos são os que menos apoiam o rodízio em São Paulo.