Ministro das Cidades reassumirá mandato de deputado para votar PEC do Teto

Bruno Araújo retorna ao comando da pasta logo após votação, segundo Secretaria de Governo 

Ministro das Cidades reassumirá mandato de deputado para votar PEC do Teto

Exoneração foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União

Exoneração foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União

Marivaldo Oliveira/Código19/Estadão Conteúdo

O ministro das Cidades, Bruno Araújo, foi exonerado nesta quinta-feira (20) pelo presidente Michel Temer e vai reassumir o mandato de deputado federal na Câmara dos Deputados para votar no segundo turno da proposta que cria um teto para os gastos públicos. A votação está prevista para a semana que vem.

A exoneração foi publicada, há pouco, em edição extra do Diário Oficial da União. De acordo com a Secretaria de Governo, Bruno Araújo retorna ao comando do ministério logo após a votação.

Na semana passada, Bruno Araújo e mais dois ministros (Fernando Coelho Filho, de Minas e Energia, e Marx Beltrão, do Turismo) reassumiram o mandato parlamentar, para a votação em primeiro turno da proposta.

Nesta semana, o ministro da Defesa, Raul Jungmann, deixou o cargo e reassumiu no dia seguinte