Brasil Ministro prevê normalização de 80% do fornecimento de energia no AP

Ministro prevê normalização de 80% do fornecimento de energia no AP

Bento Albuquerque, de Minas e Energia, explicou ao presidente Bolsonaro que recuperação de transformador e ajuda de hidrelétrica reduzirão problema

  • Brasil | Thiago Nolasco, da Record TV

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque

Isac Nóbrega/PR - 02.04.2020

O governo federal prevê aumentar o fornecimento de energia ao estado do Amapá nos próximos dias, ampliando de 70% para 80% em relação aos níveis normais. O estado sofre com um apagão que completa nesta segunda-feira (9) sete dias, após um incêndio atingir a principal subestação da região. 

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerquer, afirmou nesta segunda em reunião com o presidente Jair Bolsonaro no qual o tema foi tratado que a recuperação de um dos transformadores atingidos e a ajuda da hidrelétrica de Guaraci Nunes será possível fornecer mais 25 megawatts.

Sem energia elétrica, situação no Amapá é de zona de guerra

"Daqui a mais dois ou 3 dias, vamos colocar mais 25 megawatts. Isso já alimenta mais 10%, a gente vai a um pouquinho mais de 80% do fornecimento de energia elétrica no Amapá", afirmou. 

Além disso, geradores à diesel de pequeno porte já foram enviados de avião. Os de grande porte terão que ser transportados por balsa.

Últimas