Moro anuncia chefe da PF no Paraná para comandar corporação

Maurício Valeixo vai deixar a Superintendência para integrar novo ministério, assim como a delegada Erika Marena. Ambos trabalharam na Lava Jato

Sergio Moro anuncia dois nomes para Ministério

Sergio Moro anuncia dois nomes para Ministério

ERNESTO RODRIGUES/ESTADÃO CONTEÚDO - 08.11.2018

O futuro ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moroanunciou, nesta terça-feira (20), Maurício Valeixo como novo diretor geral da Polícia Federal. Moro também chamou Erika Marena para comandar o DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional). Ambos atuaram na Operação Lava Jato.

Durante entrevista em Brasília, Moro declarou que é natural chamar "pessoas da Lava Jato que já trabalharam comigo". O futuro ministro afirmou que Valeixo tem como "missão fortalecer a Polícia Federal, e terá como foco combater a corrupção e o crime organizado, dois problemas sérios no país".

Moro disse que convidou duas "pessoas plenamente capacitadas" para atuarem com ele no novo Ministério. O segundo nome confirmado foi o da delegada Erika Marena, que assumirá o DRCI (Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional). Àrea considerada estratégica por Moro.

"Erika é uma das grandes especialistas do país em cooperação jurídica internacional", disse. "Sabemos, na Lava Jato e em outras investigações, que a lavagem de dinheiro é feita usando países no exterior, ninguém melhor que ela (Erika), para atuar e fortalecer o DRCI".

Questionado se outros profissionais ligados à Operação Lava Jato integrarão o novo Ministério, Moro afirmou que tem "outros nomes no radar, mas é prematuro falar sobre isso." E afirmou que em breve serão realizados novos anúncios.