Brasil Mourão diz que estatais são fruto de mentalidade ultrapassada

Mourão diz que estatais são fruto de mentalidade ultrapassada

Vice-presidente da República voltou a defender nesta quinta as privatizações, promessa de campanha do governo Bolsonaro

  • Brasil | Do R7

Mourão admite que privatizações não deslancharam

Mourão admite que privatizações não deslancharam

Adriano Machado/Reuters

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, usou a tradicional conversa com os jornalistas na manhã desta quinta-feira (25) para citar seus conhecimentos históricos ao defender as privatizações.

Na quarta-feira (24), o presidente Jair Bolsonaro entregou ao Congresso um projeto que tira o monopólio dos Correios e busca a privatização da companhia. Também está em discussão uma medida provisória do governo federal que cria normas para a venda da Eletrobras.

Segundo o general da reserva do Exército, para privatizar é preciso mudar uma forma de pensar a economia ultrapassada. "Não é simples você mudar uma mentalidade de mais de 50 anos, que vem desde os presidentes militares, onde houve a criação de um grande número de empresas estatais", analisou.

E foi além: "Elas [as estatais) são, na história, dos primórdios do capitalismo, quando os governantes entregaram as atividades para empresários que quisesssem tocar adiante [aquela atividade]".

Mourão acredita, que, "por meio do trabalho paciente e determnado" do governo, será possível vender as estatais. "[Nas privatizações] nós ainda não conseguimos deslanchar, e é uma de nossas propostas desde a campanha", lembrou o vice.

Últimas