MP-RJ diz que matéria sobre Flávio Bolsonaro ‘não retrata a verdade’

Ministério Público também afirmou que 'em razão do sigilo decretado nas investigações não é possível fornecer outras informações no momento'

Ministério Público nega informações divulgadas por site

Ministério Público nega informações divulgadas por site

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

O MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) divulgou nota, neste sábado (25), se manifestando sobre uma reportagem publicada pelo site The Intercept Brasil.

A matéria aponta uma possível ligação entre o senador Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, e a milícia do Rio de Janeiro.

A nota, emitida pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção do MP-RJ, afirma que a reportagem "não retrata a verdade dos fatos".

Também destaca "que em razão do sigilo decretado nas investigações, não é possível fornecer outras informações no momento”.

Na matéria, o Intercept relata que documentos do MP-RJ apontariam que Flávio teria investido e lucrado com a construção de prédios pela milícia na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Leia a íntegra da nota do MP-RJ:

“O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC/MPRJ), esclarece que, em relação à matéria publicada no site Intercept "Rachadinha de Flávio Bolsonaro financiou prédios ilegais da milícia no Rio", veiculada neste sábado (25/04), a publicação não retrata a verdade dos fatos. E que, em razão do sigilo decretado nas investigações, não é possível fornecer outras informações no momento.”