Brasil Nove governadores tomam posse pela primeira vez

Nove governadores tomam posse pela primeira vez

Estreantes no cargo representam um terço dos 27 eleitos em 2022 para comandar as unidades da Federação

Agência Estado - Política
Ex-ministro Tarcísio de Freitas é o único governador estreante no Sudeste

Ex-ministro Tarcísio de Freitas é o único governador estreante no Sudeste

WILL DIAS/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - 2.10.2022

Nove estados terão novos governadores a partir deste domingo (1º). Esses estreantes no cargo representam um terço dos 27 governadores eleitos em 2022. Os outros 18 foram reeleitos e retornam ao Executivo estadual. O Nordeste é a região que mais reúne representantes de primeira viagem, com novos governadores na Bahia, Ceará, Pernambuco, Piauí e Sergipe.

Tarcísio de Freitas (Republicanos), ex-ministro de Infraestrutura do governo Jair Bolsonaro (PL), é o estreante no Sudeste. Eleito no segundo turno para o governo de São Paulo, com 55,27% dos votos, Tarcísio também já foi diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes durante a Presidência de Dilma Rousseff (PT).

O petista Jerônimo Rodrigues conquistou a cadeira do Executivo na disputa do segundo turno, com 52,79% dos votos válidos. Esse é seu primeiro cargo eletivo, mas ele já ocupou outros cargos públicos: foi secretário de Educação, secretário nacional do Desenvolvimento Territorial, secretário adjunto do Ministério do Desenvolvimento Agrário e assessor especial do ministro do Desenvolvimento Agrário.

No Ceará, o eleito foi Elmano de Freitas (PT), deputado estadual desde 2014. Ele conquistou o Executivo estadual no primeiro turno, com 54,02% dos votos válidos.

Os eleitores de Pernambuco, por sua vez, escolheram Raquel Lyra (PSDB) no segundo turno, com 58,70% dos votos. Ela já foi prefeita de Caruaru, deputada estadual, delegada da Polícia Federal (PF) e procuradora.

Rafael Fonteles (PT) foi escolhido no primeiro turno, com 57,17% dos votos, para governar o Piauí. Foi a primeira vez que disputou uma eleição, mas antes disso foi secretário da Fazenda do estado.

Em Sergipe, Fábio Mitidieri (PSD) foi eleito no segundo turno, com 51,70% dos votos. Além de vereador de Aracaju e deputado federal, Mitidieri atuou como secretário de Estado do Trabalho e secretário municipal de Esportes na capital.

No Norte, o único governador estreante é Clécio Luis, do Solidariedade. Ele já foi prefeito e vereador de Macapá e elegeu-se ao governo estadual no primeiro turno, com 53,69% dos votos.

Mato Grosso do Sul é o único estado com um representante de primeira viagem no Centro-Oeste. O governador será Eduardo Riedel (PSDB), eleito no segundo turno, com 56,90% dos votos. Na vida pública, ele já ocupou a cadeira da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica de Mato Grosso do Sul, além de ter sido presidente do Comitê Gestor do Programa de Saúde e Segurança da Economia no estado.

No Sul, a estreia é de Jorginho Mello (PL) como governador de Santa Catarina. Eleito no segundo turno, com 70,69% dos votos, é senador e já foi deputado federal e deputado estadual.

Rio e Minas

O governador reeleito do Rio, Cláudio Castro (PL), é o único nome da região Sudeste que confirmou presença na posse de Luiz Inácio Lula da Silva na Presidência da República.

Também reeleito em outubro, o governador de Minas, Romeu Zema (Novo), disse que não irá à cerimônia em Brasília.

O Palácio Tiradentes alegou conflito de agenda entre a posse de Zema em Belo Horizonte e o evento na capital federal.

Últimas