Brasil Patrão da mãe de Miguel diz que está abalado com morte do menino 

Patrão da mãe de Miguel diz que está abalado com morte do menino 

Ele é prefeito de Tamandaré e a primeira-dama foi indiciada pela morte da criança, que caiu do 9º andar do prédio onde vivem em Recife (PE)

  • Brasil | Márcio Neves, do R7

Garoto caiu do 9ª andar de prédio residencial de luxo em Recife, Pernambuco

Garoto caiu do 9ª andar de prédio residencial de luxo em Recife, Pernambuco

Reprodução

O patrão de Mirtes Santana, o prefeito de Tamandaré, cidade distante 100 km da capital de Pernambuco, Sérgio Hacker Corte Real, marido de Sari Gaspar Corte Real, que foi acusada pela polícia de homicídio culposo [sem intenção de matar] do menino Miguel Otávio, 5, afirmou por meio de nota que está "profundamente  abalado" com o caso.

Leia mais: MP investiga prefeito por contrato irregular da mãe de menino morto

A nota (veja íntegra abaixo) também afirma que "no  momento  próprio  e  de  forma  oficial", o prefeito e a primeira-dama vão prestar "as informações aos órgãos competentes" sobre as circunstâncias da morte do garoto.

O prefeito ainda não se posicionou sobre a mãe do garoto, Mirtes Renata Santana de Souza, estar registrada como funcionária da Prefeitura de Tamandaré e nunca ter trabalhado para a cidade, já que prestava serviço na casa da família do prefeito.

Leia também: Domésticas relatam dor, choque e revolta sobre morte de Miguel

Sari Corte Real e Sérgio Hacker

Sari Corte Real e Sérgio Hacker

Reprodução/Instagram

Na terça-feira (2), em um dia de trabalho comum na casa da família, Mirtes levou o garoto para o trabalho, já que a escolinha estava fechada por causa da pandemia. Em determinado momento a doméstica precisou sair para passear com o cachorro da família e deixou o filho com a patroa.

O menino tentou ir atrás e imagens de câmeras de segurança mostram o menino dentro do elevador e a primeira-dama, Sari Corte Real, apertando o botão do nono andar e deixando que a porta do elevador se fechasse com o garoto, sozinho, dentro.

Ao chegar ao nono andar, ele teria se debruçado em um parapeito, e em seguida, se desequilibrou e caiu. De acordo com o delegado responsável pelo caso, a primeira-dama foi negligente e foi indiciada por homicídio culposo.

Veja a íntegra da nota

"A  Prefeitura  de  Tamandaré,  por  meio  de  sua  assessoria  de imprensa, comunica que o Prefeito de Tamandaré/PE, Sérgio Hacker Corte  Real  se  encontra  profundamente  abalado  pelo  fato  já noticiado  pela  imprensa  (lamentável  perda  do  pequeno  Miguel),  e que  no  momento  próprio  e  de  forma  oficial,  prestará  as  informações aos órgãos competentes"

Últimas