Brasil Pedro Guimarães aceita convite para presidir a Caixa

Pedro Guimarães aceita convite para presidir a Caixa

Economista foi convidado para presidir o banco estatal ou para assumir a Secretaria de Privatizações, mas teria optado pela instituição financeira

Governo transição

Nome para presidência da Caixa ainda não foi anunciado

Nome para presidência da Caixa ainda não foi anunciado

Pilar Olivares/Reuters

O economista Pedro Guimarães, sócio do banco de investimentos Brasil Plural, aceitou o convite do futuro ministro da Economia Paulo Guedes para comandar a Caixa Econômica Federal, apurou o Broadcast. Inicialmente, ele foi convidado para presidir o banco estatal ou para assumir a Secretaria de Privatizações, que será criada na governo Bolsonaro, mas teria decidido, ontem, pela Caixa.

Procurado, Guimarães não comentou. No fim da tarde, questionado sobre o nome do economista para o banco estatal, Guedes disse a jornalistas que não estava definido.

Guimarães é especialista em privatizações e trabalhou no BTG Pactual ainda quando o futuro ministro da Economia era sócio do banco de investimento.

Ele é um dos executivos do mercado financeiro que fazem parte do grupo de voluntários que estão em Brasília para ajudar na transição do novo governo.

Na equipe, é um dos responsáveis por fazer o levantamento das estatais que podem ser vendidas na gestão Bolsonaro. O Banco Brasil Plural e o Bank of America Merril Lynch fizeram recentemente um estudo apontando que o governo pode levantar de R$ 500 bilhões a R$ 800 bilhões só com a venda de estatais.

arte ministros atualizada

arte ministros atualizada

Arte/R7