Pesquisa RealTime Big Data mostra Bruno Reis em 1º lugar em Salvador

Candidato a prefeito do DEM lidera nos dois cenários, sempre com mais de 30% das intenções de voto, e também leva a melhor no segundo turno

Deputado Sargento Isidorio tem a maior rejeição

Deputado Sargento Isidorio tem a maior rejeição

RODOLFO BUHRER/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O instituto RealTime Big Data divulgou nesta quarta-feira (5) uma pesquisa de intenção de voto para a Prefeitura de Salvador, capital da Bahia. Segundo o levantamento, que contou com 1.050 entrevistas e tem 3% de margem de erro, o candidato Bruno Reis (DEM) leva vantagem nos dois cenários analisados.

No cenário 1, quando a pesquisa acrescenta os nomes de dois deputados federais pré-candidatos na cidade, Lídice da Mata (PSB) e Bacelar (Podemos), Bruno Reis fica com 30% das intenções de voto.

Quando os dois deputados são retirados da disputa municipal, no cenário 2, o candidato do DEM aparece com 32%. 

Bruno Reis é o candidato defendido pelo atual prefeito ACM Neto (DEM), que completa oito anos no cargo e não pode mais tentar a reeleição. 

Tanto no cenário 1 quanto no cenário 2 Sargento Isidorio (Avante), que também é deputado federal, vem na segunda colocação, com 13% e 16%, respectivamente.

No cenário 1, Lídice da Mata vem na terceira posição, com 11%. Na outra simulação, na qual a pré-candidata do PSB não aparece, Olívia Santana (PCdoB), vem no terceiro lugar, com 7%.

Sargento Isidorio tem a maior rejeição entre todos os candidatos: 26%, seguido por Lídice da Mata (15%) e Bruno Reis (9%).

A pesquisa fez duas simulações para o segundo turno, e em ambas Bruno Reis sai vitorioso. Anota 46% a 15% contra Major Denice (PT) e 41% a 21% sobre Sargento Isidorio.

Avaliação de governo

A pesquisa também quis saber dos eleitores a avaliação da administração municipal, de ACM Neto, e a do governo da Bahia, comandado por Rui Costa (PT).

O prefeito teve aprovação de 80%, 13% desaprovam sua gestão e 7% não souberam responder.

No caso do governador do Estado, 76% aprovam, 14% desaprovam e 10% não souberam responder.

Em outra questão do levantamento, 46% dos entrevistados afirmaram que votariam em um candidato indicado por ACM Neto. 25% disseram 'não' à pergunta e 27%, talvez. Não souberam responder: 2%.

O apoio de Rui Costa tem peso menor: 39% votariam em alguém que ele indicasse. 28% não votariam de jeito nenhum e 29%, talvez. Não responderam à questão 4%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral da Bahia com o número 00889/2020, foi realizada entre os dias 31 de julho e 4 de agosto e tem nível de confiança de 95%.