Brasil População brasileira ainda se concentra no litoral, diz IBGE

População brasileira ainda se concentra no litoral, diz IBGE

Iniciativas como a criação de Brasília foram insuficientes para interiorizar a população

População brasileira ainda se concentra no litoral, diz IBGE

Porção colorida do mapa indica maior concentração de habitantes

Porção colorida do mapa indica maior concentração de habitantes

Divulgação/IBGE

A maior parte da população brasileira se concentra no litoral do País, em especial no entorno de São Paulo e do Rio de Janeiro, aponta o mapa de Densidade Demográfica de 2010, divulgado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta terça-feira (29).

O mapa revela que as maiores densidades demográficas (acima de 100 habitantes/km²) estão situadas em torno de eixos espaciais intensamente urbanizados, como a região do Vale do Paraíba e as áreas litorâneas ou próximas ao extenso litoral brasileiro.

Para o IBGE, isso é “consequência de um passado que implantou próximo à costa os primeiros e mais estáveis pontos de povoamento”. O instituto destaca que a criação de Brasília no centro do País foi responsável, em grande parte, pelos pontos de maior densidade demográfica fora das áreas litorâneas.

Outras capitais planejadas, como Belo Horizonte e Teresina, também colaboraram para espalhar a população pelo território brasileiro, mas, como aponta o mapa, a disparidade de povoamento entre centro e litoral permanece muito grande.

Baixa densidade

As extensões de terra com densidades demográficas mais baixas (até 1 habitante/km²) se localizam principalmente nos Estados das regiões Norte e Centro-Oeste. Áreas do interior nordestino, como o oeste baiano e o sul do Maranhão e Piauí, também são pouco habitadas.

Segundo o IBGE, essa configuração do País está diretamente ligada às condições naturais e à dinâmica histórica de cada região. Não por acaso, a floresta amazônica, destinada em boa parte a Unidades de Conservação, e as áreas destinadas à produção de commodities agrícolas no cerrado do Planalto Central se destacam entre as menos povoadas.

    Access log