População do Brasil cresce e chega a cerca de 204 milhões de habitantes, estima IBGE

Em 2010, País tinha 190 milhões de habitantes, segundo o órgão

População do Brasil cresce e chega a cerca de 204 milhões de habitantes, estima IBGE

População brasileira registrou alta, chegando a 204 milhões de habitantes em 2015

População brasileira registrou alta, chegando a 204 milhões de habitantes em 2015

Reprodução

O DOU (Diário Oficial da União) traz nesta sexta-feira, dia 28, as mais novas estimativas da população brasileira feitas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Pelos novos números, o País já conta com mais de 204 milhões de habitantes.

Leia mais notícias de Brasil no Portal R7

R7 Play: assista à Record onde e quando quiser

Em 2010, eram 190.755.799 de habitantes, segundo o órgão.

Entre outros objetivos, as estimativas feitas pelo IBGE são usadas para o cálculo das cotas do Fundo de Participação de Estados e municípios. Os dados têm data de referência em 1º de julho de 2015 e estão organizados por Estados, Distrito Federal e municípios.

Concentração

A pesquisa do IBGE também apontou 56,1% da população vive em 304 das 5.570 cidades do País. São 114,6 milhões de habitantes que vivem em apenas 5,5% dos municípios.

O País também conta com 41 municípios com mais de 500 mil habitantes, concentrando 29,9% da população (61,2 milhões de habitantes). Já as cidades com até 10 mil habitantes (44% dos municípios) contam com apenas 6,3% da população (1,4 milhão). São 2.451 municípios nestas condições.

Regiões metropolitanas

As RMs (regiões metropolitanas) do País concentram, em 2015, 45,6% da população brasileira. A maior é a RM de São Paulo, com 21 milhões de pessoas, cerca de metade da população de todo o Estado. Em seguida, as RMs com maior número de habitantes são a RM do Rio de Janeiro (12 milhões), RM de Belo Horizonte (5,8 milhões), RM de Porto Alegre (4,2 milhões) e a Ride (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno), com 4,2 milhões de habitantes.

Redução

De todos os municípios brasileiros, 24,5% apresentaram redução populacional entre 2014 e 2015. O município que mais perdeu habitantes, proporcionalmente, foi Severiano Melo (RN), com -9,01%, seguido de Japurá (AM), com -8,47%.

Apenas 65 municípios apresentaram crescimento superior a 3,0%. Os demais apresentaram crescimento abaixo desta taxa. A cidade com a maior taxa de crescimento entre 2014 e 2015 foi Brejo de Areia (MA), com elevação de 113,72%, seguido de Juazeiro do Piauí (PI) (11,23%) e Banzaê (BA) (9,17%). Os três municípios tiveram mudanças em seus limites territoriais, o que contribuiu para a elevação no número de habitantes.