Brasil Segundo brasileiro é retirado do Afeganistão pelo Paquistão

Segundo brasileiro é retirado do Afeganistão pelo Paquistão

Itamaraty confirma que a missão foi bem-sucedida e que o cidadão do Brasil e seus seis familiares estão seguros

  • Brasil | Do R7

Fronteira do Afeganistão com o Paquistão é uma das mais buscadas pelos refugiados

Fronteira do Afeganistão com o Paquistão é uma das mais buscadas pelos refugiados

AFP

O Ministério das Relações Exteriores informou, nesta segunda-feira (30), que retirou mais um brasileiro do Afeganistão junto com sua família. Esse foi o segundo resgate bem-sucedido de um cidadão do Brasil desde quando o grupo extremista Talibã assumiu o controle do país asiático, em 15 de agosto.

Diferentemente das operações realizadas pelas forças armas estrangeiras, o segundo brasileiro e mais seis familiares não deixaram o território afegão em um avião militar pelo aeroporto de Cabul. No último domingo (29), todos foram retirados do país em uma operação terrestre conduzida pela embaixada em Islamabad em coordenação com o governo do Paquistão. 

Em nota, o Itamaraty informou que "todos se encontram em boas condições de saúde e em segurança".

Na quinta-feira (26), o primeiro brasileiro retirado do Afeganistão partiu rumo à Espanha junto com cinco familiares afegãos. O Brasil negociou com a Alemanha e com o governo espanhol para que seu cidadão fosse embarcado em segurança para a Europa.

O Itamaraty informa que segue monitorando a situação de outros três cidadãos que manifestaram interesse em não retornar para o país. Segundo informações divulgadas no dias 20 de agosto, cinco brasileiros estavam vivendo no Afeganistão.

Os pedidos dos afegãos com visto de residência no Brasil estão sendo analisados e devem ser atendidos "dentro das possibilidades legais de apoio a estrangeiros".

Últimas