Brasil Sérgio Moro afirma que cargo de ministro da Justiça é 'técnico'

Sérgio Moro afirma que cargo de ministro da Justiça é 'técnico'

Futuro ministro disse que “não há demérito na política”, e ainda, que irá apresentar pacote de ações

Sérgio Moro e Paulo Guedes se encontraram no Rio de Janeiro

Sérgio Moro e Paulo Guedes se encontraram no Rio de Janeiro

WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO - 1º.11.2018

O juiz federal Sérgio Moro afirmou nesta segunda-feira (5), na abertura de uma conferência na FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná), que o cargo que irá assumir de ministro da Justiça e Segurança Pública “é técnico”.

Sérgio Moro foi escolhido pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para integrar a equipe de ministros do novo governo. “Não há demérito na política. Meu objetivo não é perseguir cargos, serei um técnico dentro do Ministério da Justiça”, disse Moro.

“Não me vejo ingressando na política, não me vejo como um político verdadeiro, vou para o Ministério da Justiça mais a Segurança em uma posição técnica. Isso envolve uma certa política, conversar com as pessoas”, destacou o futuro ministro.

Na ocasião do evento, Moro disse que irá apresentar um pacote de ações no início do ano para desenvolver no Ministério da Justiça e Segurança Pública. “Será um pacote legislativo para apresentar com uma série de medidas anticorrupção e contra o crime organizado”, ressaltou o juiz federal e futuro ministro.