Brasil Torquato Jardim: Lava Jato é apenas 10% da corrupção no Brasil

Torquato Jardim: Lava Jato é apenas 10% da corrupção no Brasil

Ministro da Justiça participou do painel Quebrando o Ciclo da Corrupção, no Fórum Econômico Mundial, em São Paulo, nesta quinta-feira (15)

Torquato Jardim

Jardim criticou quantidade de estatais no Brasil

Jardim criticou quantidade de estatais no Brasil

José Cruz/Agência Brasil - 20.11.2017

Torquato Jardim, ministro da Justiça, disse que a Lava Jato mostra apenas uma pequena parcela da corrupção que ocorre em todo o Brasil.

— O que se conhece da Lava Jato é 10% [da corrupção em todo o país]. Estamos controlando algumas facetas de algumas ações ilegais de algumas cidades.

Para Jardim, o tamanho do país é um dos principais motivos da corrupção.

— Quanto maior o Estado, quanto maior o poder público, mais responsabilidades políticas, coletas de tributos e tudo mais. Em um país continental como o Brasil, onde muito lugares não recebem informações, não tem imprensa, tende a ter mais oportunidade de corrupção.

O ministro participou do painel Quebrando o Ciclo da Corrupção, no Fórum Econômico Mundial, nesta quinta-feira (15).

Jardim também criticou a concentração da economia no poder do governo e usou como exemplo a quantidade de estatais no Brasil.

— Empresas estatais são grande deficitárias.

Ainda para o ministro, é importante combater a corrupção desde casa, já que é uma questão cultural. Ele também disse que é necesário uma reação da sociedade para quebrar o ciclo da corrupção ao citar como exemplo os condenado do Mensalão que foram reeleitos em São Paulo.

Cármen Lúcia

A ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), estava confirmada para participar do mesmo evento, mas segundo a organização, teve problemas com o transporte nesta manhã e cancelou a participação.