Brasília Adolescente morre baleado em barreira da Polícia Militar no DF

Adolescente morre baleado em barreira da Polícia Militar no DF

Segundo a corporação, o jovem estava na garupa de moto e fez menção de sacar uma arma quando PMs tentaram parar o veículo

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Viatura da Polícia Militar do Distrito Federal

Viatura da Polícia Militar do Distrito Federal

Divulgação/GDF

Um adolescente de 17 anos morreu baleado por um policial militar em um bloqueio da corporação na rodovia que liga Samambaia a Ceilândia, no Distrito Federal. O caso ocorreu na tarde de sexta-feira (28). A vítima estava na garupa de uma motocicleta que tentou fugir, segundo a versão dos militares.

Segundo nota da Polícia Militar, o ponto de abordagem do BPRV (Batalhão de Polícia Militar Rodoviário) acontecia na Quadra 609, em Samambaia. Duas motos, então, teriam furado o bloqueio na sequência. Após o primeiro veículo passar, uma equipe da corporação saiu em perseguição.

Os policiais abordaram o primeiro piloto pouco depois da barreira. Nesse momento, de acordo com a nota da corporação, a segunda moto, onde estava o adolescente, furou o bloqueio. A equipe que parou o primeiro veículo sinalizou para que o piloto parasse.

“A ordem foi ignorada e o condutor acelerou para cima da guarnição. No mesmo momento, o garupa da motocicleta fez menção de sacar uma arma da cintura, momento em que um dos policiais atirou”, diz a nota divulgada pela comunicação da PM.

Somente após o disparo, o piloto parou o veículo. O adolescente estaria com uma réplica de arma de fogo, também conhecida como simulacro. Socorristas levaram o jovem para a Unidade de Pronto Atendimento de Samambaia, mas ele não resistiu ao ferimento.

O caso é apurado pela 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia).

Últimas