Brasília Após autorização de editais, Ibaneis prevê contratações em 2023

Após autorização de editais, Ibaneis prevê contratações em 2023

Governo autorizou a realização de três concursos públicos para as áreas de segurança pública, educação e saúde

  • Brasília | Do R7

Governo do DF autorizou a realização de três concursos nesta semana

Governo do DF autorizou a realização de três concursos nesta semana

Reprodução

A autorização para três editais de concursos nas áreas de segurança pública, educação e saúde no Distrito Federal geraram grande expectativa entre os candidatos aos cargos públicos. Em evento da agenda oficial na manhã desta terça-feira (8), o governdor Ibaneis Rocha afirmou que as contratações podem começar em 2023.

"A expectativa é que sejam abertos e realizados no menor prazo possível. Precisamos de servidores públicos qualificados", assinalou o governador. "A gente espera que, pelo menos, (os concursos) sejam realizados no 1º semestre e no próximo ano a gente tenha as contratações".

Ao todo, os concursos somam 5,5 mil vagas. Para a segurança pública, são 50 oportunidades para delegados e mais 100 para o cadastro reserva. Para a Secretaria de Educação, devem ser chamados 776 professores da educação básica, 20 pedagogos, 16 analistas de gestão educacional. Ainda há a previsão de 3.442 vagas em cadastro reserva. Para a saúde serão 230 oportunidades para médicos, 50 dentistas, 101 enfermeiros e 762 vagas para cadastro reserva.

Educação

Ibaneis discursou durante a inauguração do Centro de Línguas (CIL) de São Sebastião. O espaço, onde havia um albergue, agora vai ofertar cursos de inglês, espanhol e japonês a até 3,5 mil estudantes. Ali também vai funcionar a coordenação regional de ensino da cidade.

"São Sebastião é uma cidade que precisa de tudo, foi expandindo dentro da ilegalidade, sendo construída a base de muitas invasões daqueles que precisavam morar", ponderou. "Precisamos avançar na questão da saúde, aqui temos uma população rural que precisa ser assistida, a gente cobra a cada dia que passa dos nossos gestores". 

Por isso, o governador declarou que há projetos em andamento para outras obras na região, como duas escolas, uma Unidade Básica de Saúde e um hospital. 

Últimas