Brasília Ataque cibernético da Rússia atinge canais oficiais da Embaixada da Ucrânia no Brasil

Ataque cibernético da Rússia atinge canais oficiais da Embaixada da Ucrânia no Brasil

Informação é do encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil. Até o momento, conflito matou 210 pessoas na Ucrânia

  • Brasília | Isabella Macedo, da TV Record, e Sarah Teófilo, do R7, em Brasília

Encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach

Encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach

divulgação/Embaixada da Ucrânia

O encarregado de negócios da Ucrânia no Brasil, Anatoliy Tkach, afirmou neste domingo (27) que os canais oficiais da embaixada foram atingidos por ataques cibernéticos realizados pela Rússia. Depois de semanas com uma escalada de tensão, a Rússia iniciou a invasão da Ucrânia na última quinta-feira, com bombardeios inclusive em áreas de civis. Posteriormente, o governo russo deu início a um ataque cibernético que atingiu também os canais da embaixada do país no Brasil.

"Nesses últimos quatro dias, autoridades ucranianas estão sofrendo ataques cibernéticos massivos. Também nosso site e nosso e-mail não está funcionando no momento", afirmou. Tkach ressaltou que não há perspectiva de retorno dos canais, e que técnicos estão trabalhando na questão.

O encarregado frisou que a Ucrânia aguarda a sociedade da comunidade internacional, com sanções e apoio ao povo ucraniano por meio do envio de equipamentos militares e recursos financeiros. O melhor canal para falar sobre assistência humanitária no momento, segundo ele, é a página da embaixada no Facebook.

"Nós, no momento, estamos precisando de assistência humanitária. Pedimos a todos que entrem em contato conosco, aqueles que podem, por meio das nossas redes sociais. Os nossos sites e correios eletrônicos oficiais não estão funcionando por causa dos ataques cibernéticos", pontuou.

Últimas