Brasília Bolsonaro brinca com Mourão: 'Está querendo um beijinho'

Bolsonaro brinca com Mourão: 'Está querendo um beijinho'

Declaração foi feita nesta sexta-feira (11) em cerimônia alusiva à contratação de pessoas com deficiência pela Caixa Econômica

  • Brasília | Plínio Aguiar, do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente Hamilton Mourão

O presidente Jair Bolsonaro e o vice-presidente Hamilton Mourão

Joedson Alves/EFE - 13.09.2021

Depois de o vice-presidente Hamilton Mourão informar que não vai integrar a chapa à reeleição ao Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta sexta-feira (11), que Mourão "merece um beijinho".

"Acho que o Mourão está querendo um beijinho também. Você merece, Mourão", brincou o mandatário depois de beijar a primeira-dama Michelle Bolsonaro em evento realizado no Palácio do Planalto, em Brasília. A fala arrancou gargalhadas da plateia. Ao lado do mandatário, o vice-presidente também sorriu da brincadeira.

Mais cedo, Mourão disse que deve ser candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul no pleito eleitoral deste ano. O general destacou que ainda falta acertar a questão de partido.

Bolsonaro e Mourão participaram de cerimônia alusiva à contratação de pessoas com deficiência pela Caixa Econômica Federal. Em fevereiro, o banco chegará a 5% de seu quadro com empregados PcD, em correspondência com a Lei nº 8.213, de 1991.

Ao todo, foram convocados 992 funcionários para reforçar o atendimento nas agências em todo o país, bem como no setor de tecnologia. Com esse reforço, a Caixa alcançará cerca de 4.400 empregados PcD.

A remuneração inicial é de R$ 3.000, além de benefícios como participação nos lucros, plano de saúde, plano de previdência complementar, auxílio-refeição e alimentação, vale-transporte e auxílio-creche. Há também ações de capacitação e oportunidades para ascensão e desenvolvimento profissional no banco.

Últimas