Brasília Bolsonaro diz que novo pedido de impeachment é 'balela'

Bolsonaro diz que novo pedido de impeachment é 'balela'

Presidente critica documento apresentado pelo advogado Miguel Reale Júnior: 'Tudo palhaçada'

  • Brasília | Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro em live, ao lado do presidente da Caixa, Pedro Guimarães

O presidente Jair Bolsonaro em live, ao lado do presidente da Caixa, Pedro Guimarães

Reprodução/Redes Sociais

O presidente Jair Bolsonaro (PL) criticou o pedido de impeachment contra ele apresentado à Câmara dos Deputados pelo advogado Miguel Reale Júnior, autor da peça contra a ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Segundo o chefe do Executivo, é "tudo balela, tudo palhaçada".

“Dizem aí: ‘Olha, ele tá recebendo o 104º processo de impeachment’. Tudo balela, tudo palhaçada. Não tem impeachment sem povo na rua. Entra com pedido de impeachment por corrupção. Estou aguardando por corrupção”, disse o presidente, em live nas redes sociais na noite desta quinta-feira (9).

O pedido de impeachment formulado por Reale teve como base os resultados da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, do Senado Federal. Segundo o advogado, Bolsonaro deixou de cumprir o dever de coordenação do governo federal, "omitindo o que lhe impunha a Constituição Federal, a proteção à saúde, bem como a determinação contida na própria lei que disciplinava o combate à Covid-19".

O presidente desdenhou do documento e menosprezou o advogado e disse que ele deveria ter dignidade. "Está lá o Miguel Reale Júnior todo embalsamado. Parece um Tutancâmon: ‘[Ele diz] Olha aqui mais uma denúncia. Bolsonaro é cúmplice do vírus, charlatanismo’. Nada contra a tua idade, porque eu vou chegar lá também. Já estou coroa aqui, com 66 anos, e vou chegar lá. Mas termina tua vida com dignidade. Deixa de fazer o papel de marionete da esquerda. Pelo amor de Deus", ponderou.

Últimas