Brasília Bolsonaro vai a Maceió entregar moradias populares 

Bolsonaro vai a Maceió entregar moradias populares 

Está prevista também a inauguração de obras de restauração de pontos turísticos da capital alagoana

  • Brasília | Do R7, em Brasília

O presidente Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro

Isac Nóbrega / PR / 22.06.2022

O presidente Jair Bolsonaro irá a Maceió (AL) nesta terça-feira (28) para participar da cerimônia de entrega de três complexos residenciais: Parque da Lagoa, Alameda do Farol e Alameda Jatiúca. O presidente também inaugurará as obras de restauração da Igreja Bom Jesus dos Martírios. Na ocasião, haverá ainda a entrega simbólica das obras da Igreja do Amparo, em Marechal Deodoro, e do Largo de São Gonçalo, em Penedo.

O presidente esteve no Nordeste também na semana passada. Ele visitou três cidades: Caruaru (PE), João Pessoa e Campina Grande (PB). Antes disso, no dia 17, Bolsonaro esteve em Natal (RN), onde passeou de moto, conversou com apoiadores e discursou para o público.

Aumento no valor do Auxílio Brasil

Durante sua passagem pela Paraíba, na última sexta-feira (24), o presidente defendeu a possibilidade de aumentar o Auxílio Brasil dos atuais R$ 400 para R$ 600. A ideia é avaliada pela equipe econômica do governo federal e discutida por parlamentares no Congresso Nacional.

"Vivemos momentos difíceis em nosso Brasil e no mundo. Uma inflação, um aumento de preços que atinge todo o globo. Mas isso a gente supera, como a imprensa está anunciando que o Auxílio Brasil vai passar de R$ 400 para R$ 600. É o governo entendendo o sofrimento dos mais humildes e, dessa forma, buscando atender a todos", disse Bolsonaro durante agenda em João Pessoa.

A expectativa é que o assessor especial e ex-ministro da Defesa Braga Netto acompanhe Bolsonaro na agenda. No último domingo (26), o presidente confirmou que ele será seu vice na chapa à reeleição neste ano. "Eu pretendo anunciar nos próximos dias o general Braga Netto como vice", disse.

"Temos outros excelentes nomes, como a Teresa Cristina. O general Heleno quase foi meu vice lá atrás. Entre tantos nomes, pessoas maravilhosas, fantásticas. Gostaria de indicar dez [candidatos a vice], que não teria problemas", acrescentou.

Últimas