Brasília Brasiliense vence prêmio internacional com foto panorâmica da Chapada dos Veadeiros

Brasiliense vence prêmio internacional com foto panorâmica da Chapada dos Veadeiros

Imagem de Márcio Cabral em 360º mostra 'chuveirinhos' e a Via Láctea na Chapada dos Veadeiros; clique rendeu R$ 13,8 mil

  • Brasília | Giovanna Inoue, do R7, em Brasília

Para capturar a imagem, Cabral utilizou lanterna específica que produz uma luz 'mais macia'

Para capturar a imagem, Cabral utilizou lanterna específica que produz uma luz 'mais macia'

Márcio Cabral/Divulgação

Um brasiliense ficou em primeiro lugar no Pano Awards, competição internacional de fotografias panorâmicas, na categoria "VR/360" de fotos em realidade virtual ou em 360 graus. A foto de Márcio Cabral mostra as plantas sempre-vivas iluminadas, conhecidas como "chuveirinhos", com a Via Láctea ao fundo, na Chapada dos Veadeiros, em Goiás, a cerca de 200 km de Brasília. A imagem foi registrada durante uma noite de junho deste ano e rendeu ao fotógrafo um prêmio em dinheiro de R$ 13,8 mil (US$ 2.700).

Para capturar a imagem, Cabral utilizou uma lanterna específica que produz uma luz "mais macia" para iluminar os "chuveirinhos" e uma câmera otimizada para fotografias panorâmicas. A técnica exigiu esforço, segundo o fotógrafo relatou ao R7.

Não pode ter vento, não pode ter nuvem. É um local perto de estrada, então, tem que esperar os carros passarem. Tem que escolher o dia olhando aplicativos. Tem que ter muita paciência.

Márcio Cabral, fotógrafo

Ele diz que fez outras versões desse mesmo enquadramento, mas que a foto vencedora foi a melhor, por ter menos vento no momento em que foi registrada.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Cabral afirma que começou a fotografar os "chuveirinhos" há muito tempo, mas que é difícil fazer o clique, pois são plantas que não nascem com frequência. "Às vezes, demora cinco anos para nascerem muitos", relata. Ele foi até o local em outras ocasiões e planejou tirar a foto na época que as sempre-vivas ficam "maduras".

O brasiliense já tinha se classificado nessa competição em outros anos e chegou a ser jurado, mas essa foi a primeira vez em que alcançou o primeiro lugar. Ele foi o único brasileiro no pódio em todas as categorias, que teve vencedores de Espanha, Estados Unidos, Polônia, Austrália, Cingapura e outros países.

O Epson International Pano Awards está em sua 14ª edição e é a maior competição de fotos panorâmicas do mundo. Os vencedores têm seu trabalho divulgado em centenas de publicações e recebem prêmios em dinheiro e produtos.

Outras competições

Com diversos trabalhos, Márcio Cabral também venceu outras competições, como:
• Sony — O maior concurso do mundo em termos de participação;
• Igpoty (International Garden Photographer of the Year) — O principal concurso de fotos de plantas, na Inglaterra;
• NPOTY (Nature Photographer of the Year) — Um dos principais concursos de natureza, na Holanda;
• HIPA — A maior premiação da fotografia mundial, em Dubai;
• MML (Memorial Maria Luiza) e o Montphoto — Os principais concursos de natureza da Espanha; e
• Nature’s Best Photography — A principal competição de fotografia de natureza, nos Estados Unidos.

Últimas