Brasília Briga em shopping de Brasília assusta lojistas e frequentadores

Briga em shopping de Brasília assusta lojistas e frequentadores

Uma confusão entre adolescentes fez com que funcionários fechassem as lojas e acionassem a Polícia Militar

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Uma confusão assustou vendedores e frequentadores do Park Shopping, em Brasília, no fim da tarde deste sábado (12/9). Um grupo de adolescentes começou uma briga que foi filmada e divulgada nas redes sociais. Os seguranças atuaram para cessar o confronto, que ocorreu no segundo piso, e várias lojas fecharam as portas por mais de uma hora. Segundo testemunhas, o local ficou repentinamente cheio de jovens, e o encontro parecia marcado com antecedência.

Nos vídeos é possível ver duas confusões. Nos primeiros segundos, um adolescente tenta chutar o outro, que foge, saindo do foco da câmera. A pessoa que filmava a confusão segue com o celular virado para um grupo maior. Nele, um rapaz de blusa preta luta contra dois agressores enquanto recua. Ele começa a fugir e outros dois também avançam para cercá-lo com socos e chutes. Em seguida, a vítima cai no chão.

No chão, vários outros jovens cercam o garoto e continuam a chutá-lo. O segurança do shopping chega em seguida e os agressores dispersam. Jovens ao redor gritam enquanto observam a confusão. Um garoto tenta retirar do local outro jovem envolvido na briga, mas ele se recusa.

O R7 conversou com funcionários das lojas. Um deles contou que a demora em reabrir as portas ocorreu porque a multidão de jovens seguia agitada do lado de fora. “Eu estava em atendimento. De repente, vi um movimento e o pessoal correndo. Os rapazes entraram em uma briga. Um chutando o outro. Em questão de cinco ou dez segundos, chegou um segurança. Ele levantou um rapaz que estava sendo agredido no chão e separou a multidão”, relatou o funcionário, que pediu para não ser identificado.

Segundo outro trabalhador, a ação dos seguranças foi pacífica. Logo após o tumulto, as lojas fecharam as portas. “Ficamos cerca de uma hora. Estava todo mundo muito agitado, um vai e vem e muitos adolescentes. Muitos mesmo. Os seguranças tentavam controlar. Depois o pessoal começou a ir embora e as lojas começaram a abrir. A gente ficou com medo. Eles poderiam ter fugido ou corrido para dentro da loja. Seria um quebra-quebra. Talvez tenham combinado de chegar tudo de uma vez. Encheu muito rápido”, contou o vendedor.

Jovens marcaram encontro no Park Shopping e entraram em confronto assustando frequentadores e lojistas

Jovens marcaram encontro no Park Shopping e entraram em confronto assustando frequentadores e lojistas

Reprodução/internet

Uma mãe relatou que, após a confusão, os seguranças começaram a colocar os adolescentes para fora do shopping. No entanto, sem separar os que estavam envolvidos na confusão e os que estavam apenas passeando.

Por meio de nota, o Park Shopping informou que “o centro de compras recebeu um grupo composto por número elevado de adolescentes, que foi acompanhado de perto pela equipe do empreendimento, de forma preventiva”. “Diante de um desentendimento entre alguns deles no corredor, como protocolo de segurança, lojas próximas fecharam suas portas temporariamente. Após o episódio, todas as lojas voltaram a funcionar”, afirma o texto divulgado pelo centro de compras.

A Polícia Militar foi chamada logo após a confusão. Mas, segundo a comunicação da corporação, nenhuma das partes (lojistas ou gerentes) quis registrar ocorrência na Delegacia de Polícia.

Últimas