Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Caesb testa nesta quarta sistema de alarmes do Rio Descoberto no Distrito Federal; entenda

Medida será adotada para verificar funcionamento de sirenes; próxima etapa terá simulado com moradores

Brasília|Edis Peres Henrique, do R7, em Brasília

Caesb testa sistema de alarme de Barragem do Descoberto
Caesb testa sistema de alarme de Barragem do Descoberto Caesb testa sistema de alarme de Barragem do Descoberto (Caesb/Divulgação)

A Caesb realiza nesta quarta-feira (17) um teste no sistema de alarme de sirenes que estão às margens do Rio Descoberto, no Distrito Federal. A medida será adotada para verificar a autonomia do sistema e conferir se ele pode ser ouvido nos diversos pontos da chamada Zona de Autossalvamento, que faz parte do perímetro de segurança do reservatório e se estende por cerca de 6km.

O teste está previsto para começar às 14h e deve soar por 30 minutos ininterruptos, com avisos à população de que se trata de uma verificação do sistema. A ação vai permitir que a Caesb monitore as baterias das sirenes e do sistema antes e depois do acionamento e vai contar também com equipes da Defesa Civil e do Batalhão Rural em diversos pontos da Zona de Autossalvamento para verificar a eficácia do alarme.

Caesb testa sistema de alarme de Barragem do Descoberto
Caesb testa sistema de alarme de Barragem do Descoberto Caesb testa sistema de alarme de Barragem do Descoberto (Caesb/Divulgação)

Ao todo, a região tem sete torres instaladas nas propriedades rurais ribeirinhas do Rio Descoberto e em comunidades próximas, tanto no DF como em Águas Lindas (GO). O teste faz parte do Plano de Ação de Emergência da Barragem do Descoberto para garantir a evacuação segura dos moradores em casos de emergência.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Publicidade

Assine a newsletter R7 em Ponto

O plano é previsto na Política Nacional de Segurança de Barragens e em resolução da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico, com investimento no sistema de alerta de R$ 1,8 milhão. O próximo passo, segundo a Caesb, é realizar em outra etapa um simulado com os moradores para treinamento.

Publicidade
O teste está previsto para começar às 14h e deve soar por 30 minutos ininterruptos
O teste está previsto para começar às 14h e deve soar por 30 minutos ininterruptos O teste está previsto para começar às 14h e deve soar por 30 minutos ininterruptos (Divulgação/Caesb)

Na avaliação do presidente da Caesb, Luís Antônio Reis, a medida é essencial para a segurança. “Por isso, estamos cumprindo mais uma etapa da Polícia Nacional de Segurança de Barragens, que prioriza a atenção com as pessoas e a preservação das estruturas que poderiam ser afetadas”, afirma.

Sistema de abastecimento

A barragem do Rio Descoberto é responsável pelo abastecimento de 60% da população da capital do país e fica às margens da BR-070. Inaugurada em 1974, a barragem tem capacidade de armazenar cerca de 86 milhões de m³ e faz parta do sistema integrado de abastecimento do DF.

A barragem é responsável por abastecer as cidades de Ceilândia, Taguatinga, Samambaia, Riacho Fundo I e II, Recanto das Emas, Gama, Santa Maria, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Park Way, Águas Claras, Vicente Pires, Pôr do Sol e Sol Nascente.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.