Brasília Cano rompe e alaga Hospital Regional de Sobradinho, no DF

Cano rompe e alaga Hospital Regional de Sobradinho, no DF

Secretaria de Saúde informou que nenhum equipamento foi danificado e o atendimento não foi prejudicado 

  • Brasília | Priscila Mendes, do R7, em Brasília

Em menos de uma semana, após problemas no Bloco Materno Infantil, cano rompe no HRS

Em menos de uma semana, após problemas no Bloco Materno Infantil, cano rompe no HRS

Agência Brasília

Um cano rompeu no telhado do Hospital de Sobradinho (HRS), no Distrito Federal, e alagou o corredor do laboratório da unidade de saúde neste fim de semana. A Secretaria de Saúde do DF informou que os equipamentos não foram danificados e que o atendimento voltou a funcionar normalmente.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informou que a equipe de manutenção do hospital agiu rapidamente e resolveu o problema no final da tarde de sábado (26). "No local não há circulação de pacientes no fim de semana. Nenhum equipamento foi danificado".

Essa é a segunda vez em três anos que esse tipo de incidente acontece no hospital. Em novembro de 2018, um cano também estourou e alagou na época o corredor da clínica médica.

Em menos de uma semana, esse é o segundo problema de infraestrutura que ocorre no HRS. Na ultima quinta-feira (23), o bloco Materno  Infantil foi esvaziado às pressas por conta da queda de energia no local. Pacientes que estavam na ala, entre bebês, grávidas e puérperas, foram transferidos para outros hospitais.A secretaria chegou a decretar Bandeira Negra no hospital e os atendimentos foram suspensos.  

Superfaturamento

A Polícia Civil do Distrito Federal investiga indícios de superfaturamento no pagamento à empresa que presta serviço de lavanderia para o Hospital Regional de Sobradinho. A operação Roupa Suja, deflagrada na última desta sexta-feira (24) pelo Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor), cumpriu mandados de busca e apreensão em pelo menos nove locais no DF e nos municípios goianos de Anápolis e Caldas Novas, incluindo a residência de agentes públicos.

Últimas