Eleições 2022

Brasília Castro e Freixo têm empate técnico na disputa pelo governo do RJ, diz pesquisa

Castro e Freixo têm empate técnico na disputa pelo governo do RJ, diz pesquisa

Atual governador tem 22% da intenção de votos, enquanto o deputado federal é o segundo colocado, com 21%

  • Brasília | Augusto Fernandes, do R7, em Brasília

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro

Fernando Frazão/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB) estão tecnicamente empatados na corrida eleitoral pelo governo fluminense, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto Gerp.

Segundo a amostra, Castro lidera a disputa pelo Palácio Guanabara, com 22% das intenções de voto entre o eleitorado do estado. Na sequência, aparece Marcelo Freixo, com 21%. A margem de erro da pesquisa é de 3,13 pontos percentuais, para mais ou para menos.

O instituto fez o levantamento nesta semana, e ouviu 1.020 eleitores fluminenses acima de 16 anos de idade. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo RJ-08128/2022. O índice de confiança é de 95,55%. 

O terceiro candidato com mais votos é o ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT), com 10%. Dois políticos dividem o quarto lugar, com 2% dos votos: o ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil Felipe Santa Cruz (PSD) e Eduardo Serra (PCB).

Outros três candidatos têm apenas 1% das intenções de voto: o coronel reformado da Polícia Militar Emir Larangeira (PMB), o deputado federal Paulo Ganime (Novo) e Cyro Garcia (PSTU).

De acordo com o levantamento, 22% dos entrevistados responderam que não votariam em nenhum dos candidatos. Já 18% disseram não saber em quem votar.

Senado

A pesquisa também analisou o cenário eleitoral no Rio de Janeiro para o Senado. O senador Romário (PL) é o que tem a maior intenção de votos, com 20%. Em segundo lugar, empatam tecnicamente o ex-prefeito do Rio Marcelo Crivella (Republicanos), com 16%, e o deputado federal Alessandro Molon (PSB), com 15%.

Na sequência, outros quatro candidatos têm empate técnico: Cabo Daciolo (PDT), com 6%; Clarissa Garotinho (Pros), com 5%; e Luciana Boiteux (PSol) e André Ceciliano (PT), ambos com 3%.

A maioria dos entrevistados (23%) disse que não votaria em nenhum desses políticos, enquanto 9% responderam que não sabem em quem votar.

Últimas