Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Conta de água tem reajuste de 9,88% e fica mais cara a partir de junho no DF

Aumento foi anunciado em abril, publicado no Diário Oficial do Distrito Federal e vale para todas categorias e faixas de consumo

Brasília|Iasmim Albuquerque*, do R7, em Brasília

Reajuste acontece anualmente (Cristiano Carvalho/Caesb)

A conta de água no Distrito Federal terá reajuste tarifário de 9,88% a partir de 1° de junho. A medida aprovada pela Adasa (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal) foi publicada em 29 de abril no Diário Oficial do DF. Segundo a Caesb, o reajuste segue em vigência até 31 de maio de 2025.

Veja mais

Com o aumento, que vale para todas as categorias e faixas de consumo, a tarifa fixa para as residências passará de R$ 9,26 para R$ 10,18. No caso das categorias de residência social, comércios e paisagismo, as novas taxas serão de R$ 5,09, R$ 26,71 e R$ 40,07, respectivamente.

O superintendente de Estudos Econômicos e Fiscalização Financeira substituto da agência, Diogo Ferreira, explica que as revisões tarifárias ocorrem de quatro em quatro anos e estão previstas no contrato de concessão assinado entre a Adasa e a Caesb em 2006.

O reajuste tarifário ocorre anualmente e tem o objetivo de recompor o poder de compra da concessionária com base na inflação. “É uma cesta de índices que atualiza anualmente o valor da tarifa para recompor as perdas inflacionárias. Com o aumento de 9,88% nas tarifas, um pagamento de R$100, por exemplo, a partir de 1º de junho de 2024, passará a ser de R$109,88, quando os novos preços entrarão em vigor”, disse Ferreira.

*Sob supervisão de Fausto Carneiro

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.