Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

Contratações de crédito do BNDES para empresas do RS começam nesta quarta-feira

Valores, que serão repassados por instituições financeiras, vão beneficiar cooperativas, produtores rurais e empresários individuais

Brasília|Giovana Cardoso, do R7, em Brasília


BNDES disponibilizou R$ 15 bilhões em linhas de crédito Rafa Neddermeyer/ Agência Brasil

As contratações de crédito no valor total de R$ 15 bilhões para empresas afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul começam a ser realizadas nesta quarta-feira (10), informou o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). As contratações, que terão os valores repassados por instituições financeiras, incluem cooperativas, produtores rurais, transportadores autônomos de carga e empresários individuais do estado gaúcho.

Veja mais

Conforme a portaria do Ministério da Fazenda, poderão ter acesso às linhas de crédito aqueles negócios que em áreas efetivamente atingidas pelos eventos climáticos extremos e que tenham sofrido perdas materiais. As contratações se iniciam pouco mais de dois meses após o início das enchentes, que deixou 182 mortos, segundo a última atualização da Defesa Civil, divulgada nesta segunda-feira (8).

De acordo com o banco, serão três linhas de financiamento, que incluem máquinas e equipamentos, investimento e reconstrução e capital de giro, para apoio financeiro para necessidades imediatas.

No caso do financiamento para máquinas e equipamentos, a taxa de juros será de até 0,6% ao mês, prazo de pagamento de até 5 anos (com até 1 ano de carência) e valor máximo de crédito por cliente de até R$ 300 milhões. Para investimento e reconstrução, os juros e valor máximo do crédito são os mesmos, mas com um prazo de 10 anos. Por fim, a linha capital de giro, terá uma taxa de juros é de até 0,9% ao mês, o prazo de pagamento de até 5 anos e o valor máximo de crédito por cliente de até R$ 400 milhões.

Publicidade

Em maio, o BNDES anunciou a suspensão completa de pagamentos por 12 meses, o que, segundo a instituição, representa um alívio financeiro de R$ 6,9 bilhões em prestações. “O programa BNDES Emergencial para o Rio Grande do Sul tem como objetivo viabilizar a manutenção da capacidade produtiva, o emprego e a renda para empreendimentos afetados pelos extremos climáticos”, informou o banco.


Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.