Brasília Desaparecimento no AM: Justiça decreta prisão de segundo suspeito

Desaparecimento no AM: Justiça decreta prisão de segundo suspeito

Prisão é temporária, a princípio de 30 dias; Oseney da Costa de Oliveira é irmão do primeiro suspeito, que já tinha sido preso

  • Brasília | Do R7, em Brasília, com informações da Agência Estado

Operação da Polícia Federal no Amazonas conduzindo homem que confessou ter matado, esquartejado e ateado fogo nos corpos do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira

Operação da Polícia Federal no Amazonas conduzindo homem que confessou ter matado, esquartejado e ateado fogo nos corpos do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira

Guilherme Mendes/Record TV

A Justiça do Amazonas decretou nesta quarta-feira (15) a prisão temporária do pescador Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como "dos Santos". Ele é o segundo suspeito preso na investigação do desaparecimento do indigenista Bruno Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips.

"Dos Santos" é irmão do também pescador Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como Pelado, o primeiro preso pela Polícia Federal (PF) na investigação. Testemunhas relataram aos policiais federais que os dois saíram de barco em alta velocidade atrás de Bruno e Dom no dia do desaparecimento.

Por enquanto, o pescador é representado pela Defensoria Pública do Amazonas. Ele foi preso na noite de terça-feira (14) em Atalaia do Norte.

A prisão temporária dele foi determinada pela juíza Jacinta Silva dos Santos, da Vara Única de Atalaia do Norte, em audiência de custódia presencial. Após 30 dias, a detenção pode ser renovada ou convertida em preventiva, sem prazo determinado.

Últimas