Brasília DF tem menor umidade do ano e Inmet emite aviso vermelho

DF tem menor umidade do ano e Inmet emite aviso vermelho

No Gama, a umidade está em 10% na manhã deste domingo (19), percentual mínimo que foi atingido ontem, mas durante a tarde

  • Brasília | Bruna Lima, do R7, em Brasília

DF registra 10% de umidade relativa do ar

DF registra 10% de umidade relativa do ar

Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

Sem previsão de chuva para os próximos dias, o Distrito Federal enfrenta, neste domingo (19), o dia mais seco do ano até o momento. A umidade relativa do ar ficou em 10%, no Gama, ainda no período da manhã. Com o céu claro, sem nuvens e altas temperaturas, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) já indica que os índices ficarão ainda mais baixos pela tarde, superando a mínima de sábado (18), que foi de 10%.

Por isso, o aviso vermelho, indicando grande perigo de incêndios florestais e à saúde, foi emitido pelo Inmet. O alerta é feito quando a umidade fica abaixo de 12%. Neste período, a indicação do instituto é de que a população beba bastante líquido, não pratique atividades físicas entre 10h e 17h, evite exposição ao sol nas horas mais quentes e mantenha a pele hidratada e o ar umidificado.

A temperatura máxima prevista para este domingo é de 33°C. A mínima foi de 10°C na estação meteorológica de Águas Emendadas, em Planaltina. A alta variação ocorre justamente pela ausência de nuvens, o que proporciona uma alta perda radioativa durante a madrugada. 

Não há, a curto prazo, previsão de alívio à seca no DF. "O céu permanece claro, sem formação de nuvens e com nevoa seca entre hoje e amanhã. A massa de ar quente também se mantém", detalha o meteorologista do Inmet, Kleber Souza.

Quando chove no DF?

É com a chegada da primavera, nesta quarta-feira (22), que o brasiliense pode ver o tempo virar. "No primeiro dia, o DF ainda estará sob essa forte onda de calor, inclusive podendo ver, até lá, as temperaturas subirem ainda mais e o ar ficar mais seco. A partir de quinta em diante é que a nebulosidade começará a aumentar", prevê Souza.

Há possibilidade de pancadas de chuva, em áreas isoladas, na quinta-feira (23), mas é na sexta (24), que cresce essa possibilidade. No entanto, o período chuvoso só está previsto para começar em outubro. Até lá, as precipitações ocorrem de maneira isolada.

Últimas