Brasília Diplomação de eleitos no DF terá esquema reforçado de segurança

Diplomação de eleitos no DF terá esquema reforçado de segurança

Em nota, Secretaria de Segurança Pública afirmou que evento vai contar com tropas especializadas e vigilância de manifestantes

  • Brasília | Do R7

Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, local onde vai ocorrer a diplomação

Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, local onde vai ocorrer a diplomação

José Cruz/Agência Brasil

A cerimônia de diplomação dos candidatos eleitos pelo Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), marcada para esta segunda-feira (19), contará com policiamento reforçado das forças de segurança do DF. A estratégia organizada pela Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF) para evitar conflitos engloba, ainda, tropas especializadas, detectores de metal e vigilância de manifestantes.

A solenidade está prevista para começar às 19h, no Auditório Master do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília.

Após os protestos ocorridos na última segunda-feira (12), em que manifestantes tentaram invadir a sede da Polícia Federal em Brasília, a secretaria divulgou nota em que detalha as ações previstas para reforçar a segurança do evento.

Segundo a pasta, o protocolo prevê ações de policiamento ostensivo e tropas especializadas da Polícia Militar do DF (PMDF), em caso de necessidade. O efetivo policial vai reforçar todo o perímetro do Centro de Convenções, garantido a segurança dos participantes. Detectores de metal serão utilizados pela polícia judicial do TRE, o que permitirá aumentar a segurança interna do evento.

O Corpo de Bombeiros também atuará com viaturas de emergência médica, salvamento, combate a incêndio, de fiscalização de estrutura e de produtos perigosos.

Leia mais: Ibaneis Rocha receberá diplomação na próxima segunda

Trânsito

O controle das vias de acesso e dos estacionamentos será realizado pelo Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF). A fiscalização contará com o apoio da PMDF, com especial atenção nas vias adjacentes, para evitar estacionamentos irregulares e garantir a mobilidade urbana. A circulação de carros de som nas proximidades do evento não será permitida.

Segundo a pasta, não há previsão de interdição de vias na área central do DF em razão do evento. Contudo, em casos de necessidade, intervenções no trânsito poderão ocorrer.

Reunião

Na quarta-feira (14), o presidente do TRE-DF, desembargador Roberval Belinati, se reuniu com o secretário de Segurança Pública do DF, Júlio Danilo, para solicitar maior empenho da segurança na solenidade de diplomação.

"É necessário que as forças de segurança sejam reforçadas no Centro de Convenções para garantir maior segurança e tranquilidade aos participantes, sobretudo neste momento em que grupos criminosos e subversivos tentam tumultuar o processo eleitoral democrático, com atos de terrorismo e de vandalismo. Precisamos garantir o respeito à democracia e à integridade física e moral dos candidatos eleitos, seus familiares e correligionários", afirmou Belinati.

Diplomação

Serão diplomados pela Justiça Eleitoral do DF os 36 candidatos eleitos do DF nas eleições deste ano: 24 deputados distritais, oito deputados federais, a senadora Damares Regina Alves (Republicanos), o seu primeiro suplente, Manoel Coelho Arruda Junior, o governador Ibaneis Rocha (MDB) e a vice-governadora Celina Leão (PP). Cerca de 1.200 convidados deverão participar da solenidade.

*Com informações da SSP-DF

Últimas