Brasília Diretor do Hospital Regional de Ceilândia é exonerado após denúncia de assédio sexual 

Diretor do Hospital Regional de Ceilândia é exonerado após denúncia de assédio sexual 

O caso foi investigado após servidora registrar ocorrência contra o homem; exoneração foi publicada nesta quinta (24)

  • Brasília | Larissa Batista, da Record TV, e Giovana Cardoso, do R7, em Brasília

Fachada do Hospital Regional de Ceilândia

Fachada do Hospital Regional de Ceilândia

Reprodução/ Record TV

O diretor administrativo da Região Oeste de Saúde do Distrito Federal, Alcione Pimentel Barros, foi exonerado do cargo após denúncias de assédio sexual feito por uma servidora do Hospital Regional de Ceilândia.

O caso segue em sigilo e está sendo investigado pela Delegacia Especial de Atendimento à Mulher. Alcione tinha sido afastado do cargo nesta semana e a exoneração foi publicada no Diário Oficial do DFdesta quinta-feira (24).  

Decreto de exoneração de Alcione Pimentel Barros publicado no Diário Oficial do Distrito Federal

Decreto de exoneração de Alcione Pimentel Barros publicado no Diário Oficial do Distrito Federal

Reprodução / DODF

Em nota, a defesa dele afirmou que ele “nunca cometeu esse tipo de prática" e  que sempre trata os funcionários com cordialidade e educação. "Em virtude do cargo que ocupa, pode haver também motivações políticas, e também possui elementos para acreditar nesta hipótese”. 

O advogado do diretor ainda disse que ele não teria sido afastado ou informado formalmente sobre a questão, além de não ter sido chamado para informar sua versão do fato.

Procurada pela Record TV, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal informou que “o servidor foi afastado e será aberto um processo administrativo para apurar o caso”.

Últimas