Brasília Distritais aprovam criação da carreira de magistério superior

Distritais aprovam criação da carreira de magistério superior

Proposta cria 2,5 mil cargos de professor e outros mil cargos de tutor de educação superior

  • Brasília | Do R7, em Brasília

Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal

Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal

Divulgação/CLDF

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou na tarde desta quarta-feira (13) o Projeto de Lei 2.058/2021, do Executivo local, que cria a Carreira Magistério Superior do Distrito Federal. A proposta cria 2,5 mil cargos de professor e outros mil cargos de tutor de educação superior.

O texto substitutivo foi aprovado em segundo turno e a redação final teve 12 votos favoráveis e 1 voto contra da deputada Júlia Lucy (Novo). O ingresso na carreira será, exclusivamente, por concurso público de provas e títulos, e haverá jornadas de  20 horas ou 40 horas semanais.

As remunerações giram em torno de R$ 2.200 para o servidor com especialização (jornada de 20 horas) a R$ 5.200 para os que possuem doutorado (40 horas). Os novos cargos devem ajudar a preencher o corpo docente da  Universidade do Distrito Federal (UnDF).

Universidade do Distrito Federal 

O governador Ibaneis Rocha sancionou em julho deste ano o projeto autorizando a criação da Universidade do Distrito Federal (UnDF).

Entre os cursos previstos estão graduações nas áreas das ciências da saúde e humanas, gestão governamental de políticas públicas e de serviços, educação e magistério. O campus UnDF será em um prédio de 3 mil metros quadrados cedido pela Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) no Centro de Atividades do Lago Norte.

Últimas