Brasília Estelionatária é presa após golpe do falso Pix. Prejuízos somam R$ 5 mil

Estelionatária é presa após golpe do falso Pix. Prejuízos somam R$ 5 mil

Mulher fazia compras pela internet e encaminhava comprovantes falsos, depois cancelava a compra e pedia o dinheiro de volta

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

PCDF identificou a suspeita dos crimes de estelionato enquanto ela simulava nova compra falsa

PCDF identificou a suspeita dos crimes de estelionato enquanto ela simulava nova compra falsa

Divulgação/PCDF

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (22), uma mulher suspeita de aplicar o golpe do falso Pix em várias regiões do Distrito Federal. Segundos os investigadors, os estelionatos ocorriam por meio das redes sociais.

A investigação aponta que a mulher procurava itens em grupos de compra e venda na internet. Ela entrava em contato com as pessoas que anunciavam os produtos, fingia estar interessada nas mercadorias e fechava a compra.

Em seguida, ela encaminhava aos vendedores comprovantes falsos do pagamento via PIX. Mas, depois, cancelava a compra dizendo ter desistido das mercadorias. A mulher exigia a devolução dos valores, que, na realidade, nunca foram pagos.

Após as denúncias, ela foi localizada pela polícia enquanto tentava, mais uma vez, fraudar uma compra de roupas e sapatos, em Sobradinho. A mulher foi presa em flagrante. Pelo menos cinco pessoas foram vítimas da estelionatária. Somados, os prejuízos chegam a R$ 5 mil, segundo a polícia.

A 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II) investiga o caso. Se for condenada, a suspeita pode pegar até cinco anos de prisão.

Últimas