Brasília Faculdade de Medicina da UnB apoia exigência de vacinação

Faculdade de Medicina da UnB apoia exigência de vacinação

Em carta aberta divulgada nesta segunda, Faculdade de Medicina manifesta apoio à exigência de vacinação para acesso ao campus

  • Brasília | Carlos Eduardo Bafutto e Lucas Nanini, do R7, em Brasília

Campus da UnB na Asa Norte

Campus da UnB na Asa Norte

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Câmara de Representantes da Faculdade de Medicina da UnB (Universidade de Brasília) emitiu nesta segunda-feira (31) uma carta aberta em que manifesta o total apoio à exigência de comprovação de vacinação completa contra Covid-19 para participar das atividades presenciais na instituição.

O documento pontua que trata-se de medida fundamentada em evidências científicas sólidas que demonstram a eficácia e segurança das vacinas, que têm papel crucial no enfrentamento à pandemia. Ainda de acordo com o texto, a Câmara de Representantes continuará organizando as medidas de prevenção e controle para garantir o acesso seguro de professores, alunos e funcionários aos prédios da faculdade respeitando as recomendações estabelecidas no plano de contingência da Universidade.

O texto afirma ainda que a Câmara de Representantes lamenta e e rejeita manifestações, de qualquer membro da comunidade acadêmica, que neguem o conhecimento científico que sustenta a vacinação como a principal medida de saúde pública contra a Covid-19.

O surgimento desse tipo de manifestação no nosso meio, embora raro, alerta para o impacto que o incentivo ao negacionismo tem causado na sociedade, da qual a Faculdade de Medicina faz parte

Câmara de Representantes da Faculdade de Medicina da UnB

Coordenadora deixa cargo após UnB exigir passaporte da vacina

Selma Kuckelhaus deixou a coordenação da Medicina da UnB

Selma Kuckelhaus deixou a coordenação da Medicina da UnB

Facebook/Reprodução

A carta veio depois que a coordenadora da graduação em Medicina da UnB, Selma Kuckelhaus, encaminhou na quinta-feira passada (27) um pedido para deixar o cargo. A solicitação foi feita à direção da unidade após a universidade decidir exigir a apresentação de comprovante de vacinação contra a Covid-19 para permitir a entrada em suas dependências.

A exigência do passaporte de vacinação foi aprovada por unanimidade pelo CAD (Conselho de Administração) da UnB e entra em vigor nos próximos 15 dias. O documento já é cobrado de estudantes, professores e servidores no RU (Restaurante Universitário) e na Biblioteca Central no campus Darcy Ribeiro. Um levantamento da UnB mostra que 92% da comunidade acadêmica, entre docentes, estudantes e técnicos, completou o ciclo vacinal.

Últimas