Brasília Feira do Morango começa nesta sexta no DF; veja programação

Feira do Morango começa nesta sexta no DF; veja programação

Evento tradicional tem mostra de morangos, flores e artesanato, concurso de receitas e programa que permite colher a fruta no pé

  • Brasília | Lucas Nanini, do R7, em Brasília

Plantação de morango em Brazlândia

Plantação de morango em Brazlândia

Emater-DF/Divulgação

A 25ª edição da Feira do Morango de Brasília começa nesta sexta-feira (3/9), na sede da Associação Rural Cultural Alexandre de Gusmão (Arcag), em Brazlândia. O evento acontece até o feriado de 7 de Setembro e retorna no fim de semana seguinte (dias 10, 11 e 12), sempre das 10h às 22h, com entrada gratuita.

A programação prevê a exposição e venda de morangos e derivados e também uma feira de flores e artesanatos. O espaço onde há comercialização das frutas recebe o nome de “Morangolândia”. Por causa da pandemia de Covid-19, a festa não terá shows musicais e apresentações culturais.

As atividades ocorrem em dois galpões grandes e arejados, como forma de garantir a circulação do público com segurança, sem aglomeração. O uso de máscara é obrigatório.

Concurso de Receitas e mostra de morangos

Uma das principais atrações da feira é o "Concurso de Receitas com Morango", que terá o resultado divulgado no próximo domingo (5/9), às 14h, na sede da Arcag. Os pratos, doces e salgados, foram preparados na última quinta-feira (2/9), na Universidade Católica de Brasília (UCB). Participaram cinco grupos de famílias produtoras da fruta.

O concurso é realizado há mais de 15 anos e procura valorizar a criatividade dos agricultores e moradores dos núcleos rurais. Os jurados avaliam aparência, originalidade, organização, higiene no preparo e o sabor.

Outra atração é a "Mostra de Morangos", que ocorre dia 10 de setembro. Uma comissão julgadora receberá as variedades da fruta em caixas fechadas e sem identificação visível do produtor. Serão avaliados itens como aspecto, coloração e firmeza. O resultado sai no mesmo dia, mas a premiação só ocorrerá no final do ano.

Evento de peso

A Feira do Morango é um dos principais eventos para a agricultura do Distrito Federal e principal programa do tipo em Brazlândia. A região administrativa é responsável por 98% da produção de morango no DF e onde estão concentrados 95% dos produtores da fruta na capital, segundo a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater).

“É um evento importante porque movimenta a economia no período de grande safra do morango. Culturalmente também é relevante, sobretudo para Brazlândia, pois se tornou uma característica regional e cultural, um reconhecimento que é muito significativo para os nossos produtores”, afirma a presidente da Emater, Denise Fonseca.

O DF tem 226 produtores que cultivam morango, que fazem o plantio convencional e também o orgânico. Em 2021, foram 150 hectares de morango produzidos. No ano passado, foram colhidas 4,9 mil toneladas da fruta na capital.

A Feira do Morango é um evento da Associação Rural Cultural Alexandre de Gusmão. Esta edição é organizada pelo Instituto Rosa dos Ventos, com apoio da Emater, Administração Regional de Brazlândia e as secretarias de Turismo e de Agricultura.

Colha e pague

O “Colha e Pague” é um evento dentro da feira que oferece ao visitante a experiência de apanhar o morango diretamente do pé, conhecer como é o cultivo e aprender um pouco mais sobre a produção. Neste ano, o programa ocorre nos dois sábados do evento (dias 4 e 11). O participante também pode levar o alimento para casa.

Imagem de edição anterior da Festa do Morango de Brasília

Imagem de edição anterior da Festa do Morango de Brasília

Agência Brasília/Divulgação

Esse evento ocorrerá na Chácara Fukushi, certificada na produção de alimentos orgânicos. Os interessados em participar do “Colha e Pague” devem fazer um pré-cadastro no site do Põe na Cesta e indicar a data e o horário em que desejam participar.

Serão quatro turmas por dia, às 9h, 10h30, 14h e 15h30. A taxa para participar é de R$ 45 para adultos e crianças a partir de 10 anos. Meninos e meninas de 5 a 10 anos e pessoas com mais de 60 pagam meia. Menores de 4 anos não pagam. Valores incluem visita, consumo da fruta no local e suco de morango.

Últimas