Brasília Feriado da Independência: 5 mil policiais estarão nas ruas do DF

Feriado da Independência: 5 mil policiais estarão nas ruas do DF

O governador do Distrito Federal disse que o intuito é garantir a tranquilidade das manifestações previstas para o 7 de setembro

  • Brasília | Kelly Almeida e Vanessa Marques, do R7, em Brasília

Esplanada dos Ministérios, Brasília

Esplanada dos Ministérios, Brasília

REUTERS/Ricardo Moraes

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), confirmou ao R7 que 5 mil policiais reforçarão a segurança na Esplanada dos Ministérios no feriado da Independência, em 7 de setembro. Estão previstas manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Grupos contrários ao presidente também devem ir às ruas. 

O esquema de segurança ainda não está fechado, mas o governador afirmou que o efetivo reforçado tem como objetivo garantir a tranquilidade da manifestação. "A cidade estará preparada para acolher as manifestações esperando que sejam pacíficas. Todo o nosso efetivo está à disposição para que tudo corra da melhor maneira e dentro dos limites da legalidade", afirmou Ibaneis Rocha.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já confirmou presença nos atos em Brasília e em São Paulo. A previsão é que ele participe do hasteamento da bandeira pela manhã no Palácio da Alvorada, discurse na Esplanada dos Ministérios, ainda pela manhã, e depois siga para a Avenida Paulista, onde estão marcados os atos em São Paulo. O presidente tem usado ataques ao STF para mobilizar categorias para a manifestação, como caminhoneiros e policiais.

Grupos contrários a Jair Bolsonaro também devem ir às ruas manifestar. Além de manter a ordem entre os manifestantes, os policiais terão a missão de proteger e evitar depredações ou invasões de prédios públicos da Esplanada dos Ministérios, como o Supremo Tribunal Federal, o Congresso Nacional.

Últimas