Brasília GDF amplia pagamento do benefício Prato Cheio para 60 mil famílias

GDF amplia pagamento do benefício Prato Cheio para 60 mil famílias

O governador Ibaneis Rocha anunciou a medida, que passa a valer no mês de julho, pelas redes sociais

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Ibaneis Rocha

Ibaneis Rocha

Reprodução/RecordTV

Na manhã desta sexta-feira (3), o governador Ibaneis Rocha anunciou que o programa Prato Cheio será ampliado a partir de julho. Até então, 35 mil famílias eram beneficiadas com o cartão que oferta R$ 250 para compras de alimentação. Agora, o recurso será fornecido para 60 mil inscritos.

O benefício foi implementado em maio de 2020 para auxiliar famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional, inscritas no Cadastro Único (Cad-Único), no contexto da pandemia de Covid-19.

A preferência na concessão do benefício é para famílias chefiadas por mulheres com crianças até seis anos, pessoas com deficiência ou idosos. Quanto a renda, o recorte é para grupos familiares que recebem até meio salário mínimo por pessoa, o equivalente a R$ 606. A solicitação pode ser feita nos Centros e Referência de Assistência Social (Cras).

Em maio, diante da alta dos preços dos alimentos, o governo aumentou também as parcelas, que antes eram seis e foram ajustadas para nove.

Insegurança alimentar

A PDAD (Pesquisa por Amostras de Domicílios) divulgada pela Codeplan, apontou que em 206 mil residências do DF os moradores relataram que deixaram de fazer alguma refeição por falta de dinheiro para comprar comida.

Últimas