Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Brasília
Publicidade

GDF vai investir R$ 1,7 milhão para ampliar aproveitamento de resíduos

Medida será feita com construção de Unidade de Recebimento de Entulho no Recanto das Emas; licitação ainda será publicada

Brasília|Edis Henrique Peres, do R7, em Brasília


entulho, toneladas, slu, ure, serviço de limpeza urbana
SLU recolheu 390 toneladas de entulho este ano Tony Oliveira/ Agência Brasília - Arquivo

O Distrito Federal pretende investir R$ 1,7 milhão na construção de uma URE (Unidade de Recebimento de Entulho) que vai permitir que o governo aumente de 20% para 79% o aproveitamento dos resíduos de construção civil e entulhos em geral. A unidade ficará no Recanto das Emas, entre a BR-060 e a DF-180. A obra, que ainda terá a licitação publicada, contará com um equipamento moderno para processamento e reaproveitamento dos subtipos de produto sem a necessidade de aterrar os resíduos não aproveitáveis.

Veja Mais

Apenas neste ano, o SLU (Serviço de Limpeza Urbana) recolheu ao menos 390 mil toneladas de resíduos de construção civil, podas e galhadas de árvores. O montante representa 60% do recolhido em todo 2023. Na capital do país, todo material e resto de obra recolhido pela autarquia é direcionado à URE, onde é reciclado com um britador que transforma o material em areia, brita e rachão.

Esses subtipos de produtos são usados pelo GDF nos serviços de infraestrutura urbana, especialmente de pavimentação de vias. A subdiretora de Gestão e Limpeza Urbana do SLU, Andréa Almeida, explica que a URE recebe, em média, cinco mil toneladas de resíduos por dia. “Sendo 40% desse material produto de descarte irregular, 40% particular de construtoras e o restante de autarquias públicas”, detalha.

Segundo a servidora, apesar dos esforços das equipes da SLU, apenas 20% do entulho recolhido podem ser reciclados. “A maioria do material chega misturado e é extremamente difícil separar, pois esse resíduo chega de tal maneira que a tecnologia da unidade não é capaz de fazer a separação”, explica.

Papa-entulhos

O SLU também trabalha para ampliar a cobertura dos papa-entulhos no DF. Quatro unidades estão em construção no Riacho Fundo II, Granja do Torto (Lago Norte), Itapoã e Planaltina, e a meta é chegar a 10 equipamentos instalados neste ano. O investimento na ampliação dos serviços supera R$ 3,8 milhões.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.