Eleições 2022

Brasília Helder Barbalho lidera disputa pelo governo do Pará, diz pesquisa

Helder Barbalho lidera disputa pelo governo do Pará, diz pesquisa

Levantamento do Real Time Big Data desta segunda-feira mostra que, se eleição fosse hoje, Barbalho venceria em qualquer cenário

  • Brasília | Carlos Eduardo Bafutto, do R7, em Brasília

Helder Barbalho é o atual governador do Pará e tentará reeleição

Helder Barbalho é o atual governador do Pará e tentará reeleição

Raimundo Paccó/FramePhoto/Estadão Conteúdo - 28.10.2018

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), lidera em todos os cenários da disputa eleitoral para governador do Pará. Os números são da pesquisa Real Time Big Data, divulgada nesta segunda-feira (18). 

Na pesquisa estimulada, em que os nomes dos candidatos são ditos aos entrevistados, aparecem Zequinha Marinho (PL) com 7% das intenções de voto e  Fernando Carneiro (Psol), com 3%, depois de Barbalho. 

Na disputa por uma vaga no Senado pelo estado do Pará, Mário Couto (PL), lidera com 18% das intenções de voto. Ele é seguido de perto por Flexa Ribeiro (PP) que tem 14%. 

Veja abaixo os números da pesquisa: 

ESTIMULADA – GOVERNADOR – CENÁRIO 1

- HELDER BARBALHO (MDB) - 60%

- ZEQUINHA MARINHO (PL) - 7%

- FERNANDO CARNEIRO (PSOL) - 3%

- CLÉBER RABELO (PSTU) - 1%

- NULO / BRANCO - 12%

- NÃO SABE / NÃO RESPONDEU - 17%

ESTIMULADA – GOVERNADOR – CENÁRIO 2

- HELDER BARBALHO (MDB) - 61%

- ZEQUINHA MARINHO (PL) - 7%

- SÍLVIA LETÍCIA (PSOL) - 2%

- CLÉBER RABELO (PSTU) - 1%

- NULO / BRANCO - 12%

- NÃO SABE / NÃO RESPONDEU - 17%

ESTIMULADA – GOVERNADOR – SEGUNDO TURNO

- HELDER BARBALHO (MDB) - 67%

- ZEQUINHA MARINHO (PL) - 13%

- NULO / BRANCO - 10%

- NÃO SABE / NÃO RESPONDEU - 10%

ESTIMULADA – SENADOR 

- MÁRIO COUTO (PL) - 18%

- FLEXA RIBEIRO (PP) - 14%

- BETO FARO (PT) - 14%

- MANOEL PINHEIRO (PSDB) - 12%

- NULO / BRANCO - 22%

- NÃO SABE / NÃO RESPONDEU - 20% 

A pesquisa

A pesquisa Real Time Big Data foi encomendada pelo Grupo Record e entrevistou 1.200 eleitores do Pará entre 15 e 16 de abril por telefone. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança estatística é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número PA-05999/2022.

Últimas