Brasília Idoso de 73 anos morre após capotagem na DF-180

Idoso de 73 anos morre após capotagem na DF-180

Vítima sofreu parada cardiorrespiratória no local e não resistiu aos ferimentos; causa do acidente ainda é desconhecida

  • Brasília | Clarissa Lemgruber, do R7, em Brasília

Carro foi encontrado fora da pista e ainda não se tem informações sobre a causa do acidente

Carro foi encontrado fora da pista e ainda não se tem informações sobre a causa do acidente

Divulgação/CBMDF

Um homem de 73 anos morreu na noite desta terça-feira (12) após o veículo que ele estava dirigindo capotar na rodovia  DF-180, próximo à ponte sobre o Rio Melchior, no Distrito Federal. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas a vítima sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu no local.

De acordo com a corporação, o carro foi encontrado fora da pista e ainda não se tem informações sobre a causa do acidente. Foram enviados ao local 15 militares e uma viatura do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) que tentaram reanimar a vítima durante 50 minutos. Uma faixa foi interditada para o socorro e liberada em seguida.

Acidentes fatais no Distrito Federal em 2022

De acordo com o Detran-DF, 74 pessoas morreram em acidentes de trânsito, de janeiro a junho de 2022. A maior causa dos óbitos são as colisões, com 34 ocorrências. O segundo maior motivo são os atropelamentos de pedestres com 20 casos. Em seguida vêm quedas (7), choques com objetos fixos (5) e capotamentos com três casos de janeiro até o mês passado. 

As maiores vítimas de acidentes no DF neste ano são os motociclistas com 25 óbitos. Em seguida vêm os pedestres (20), condutores dos demais veículos (19), passageiros (11) e ciclistas (8). Dessas vítimas 67 são homens e 12 mulheres. Em quatro casos, o sexo da vítima não foi informado. A faixa etária que reuniu o maior número de vítimas até junho de 2022 é de 40 a 49 anos. 

Últimas