Brasília Indígenas protestam contra garimpo ilegal em terras protegidas; veja vídeo

Indígenas protestam contra garimpo ilegal em terras protegidas; veja vídeo

Manifestantes saíram da Funarte em direção ao Ministério de Minas e Energia; Polícia Militar não registrou ocorrências 

  • Brasília | Karla Beatryz*, do R7, em Brasília

Na tarde da última segunda-feira (11), povos indígenas do Acampamento Terra Livre (ATL) realizaram passeata contra o garimpo ilegal e o desmatamento no território indígena, no Distrito Federal. Os índios sairam da Funarte em direção ao Ministério de Minas e Energia, no Plano Piloto. A marcha foi intitulada “Outo de Sangue" e durou cerca de 2h.

Indígenas marcharam
 da Funarte em direção ao Ministério de Minas e Energias

Indígenas marcharam da Funarte em direção ao Ministério de Minas e Energias

Karla Beatryz/R7 Brasília

Segundo a Polícia Militar, a manifestação foi pacífica e sem registro de ocorrências. O protesto foi acompanhado pela corporação, que isolou duas faixas da esquerda da avenida para os participantes. Eles  seguiram pela Avenida das Bandeiras e foram até o Ministério de Minas e Energias. 

Os organizadores do ato explicam que a movimentação aconteceu durante a votação das pautas que envolvem projetos que violariam os direitos dos povos indígenas, e a invasão de suas terras. Os territórios somam 11 milhões de hectares, onde vivem cerca de 197 mil indígenas, segundo dados do Diário Oficial da União, monitorados pelo ISA (Instituto Socioambiental).

O Acampamento Terra Livre começou no dia 4 deste mês e vai até a próxima quinta-feira (14). O evento conta com debates políticos e a participação de indígenas engajados com a política brasileira. 

Leia mais: Garimpo ilegal e abusos crescem em territórios indígenas, revela relatório

*Estagiária sob supervisão de Fausto Carneiro.

Últimas