Lula

Brasília Lula diz que, se eleito, vai tirar 8 mil militares do governo federal

Lula diz que, se eleito, vai tirar 8 mil militares do governo federal

Petista fez a declaração durante evento em São Paulo e disse que vai priorizar concursados

  • Brasília | Do R7, em Brasília

O ex-presidente Lula

O ex-presidente Lula

Fernando Bizerra/EFE - 10.03.2021

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que, se for eleito, vai tirar "quase 8 mil militares" de cargos no governo federal. O petista, que é pré-candidato à Presidência, afirmou que pretende priorizar quem prestou concurso.

“Nós vamos ter que começar o governo sabendo que nós temos que tirar quase 8 mil militares que estão em cargos de pessoas que não prestaram concurso. Vamos ter que tirar”, afirmou o político, durante um evento realizado na sede da CUT (Central Única dos Trabalhadores), em São Paulo.

"Vamos ter que tirar. Isso não pode ser motivo de bravata, tem que ser motivo de construção", completou o petista durante o discurso.

Um levantamento realizado em 2020 pelo TCU (Tribunal de Contas da União) apontou que 6.157 militares na ativa e da reserva ocupavam cargos em comissão, de natureza civil, no governo do presidente Jair Bolsonaro.

Na gestão anterior, do ex-presidente Michel Temer, 2.765 militares ocupavam cargos comissionados no Executivo.

Últimas